26.2 C
Mossoró
terça-feira, 28 de maio, 2024
Por Vonúvio Praxedes
terça-feira; 28 maio - 2024

Como Lula e Fátima vão fazer política eleitoral em Mossoró próximo ano?

PUBLICIDADEspot_img

Nas eleições municipais de 2020 a deputada Isolda Dantas (PT) disputou a Prefeitura de Mossoró e ficou em terceiro lugar com apenas 8.051 votos. Era uma eleição atípica, no ponto alto da pandemia de covid-19.

Até mesmo pelas condições sanitárias daquele momento, a Governadora Fátima Bezerra não participou de forma intensa da campanha eleitoral do nome petista aqui em Mossoró ou de qualquer outro município. Estava preocupada com a gestão da saúde no RN.

A corrida eleitoral ficou polarizada entre a então prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e o Deputado novato na política Allyson Bezerra que hoje está no União Brasil.

Agora, faltando menos de um ano para um novo processo eleitoral aqui no município de Mossoró e com o PT conseguindo manter Fátima Governadora e elegendo Lula Presidente, a esquerda mossoroense continua sem avançar, pelo menos por enquanto na busca por ocupar a cadeira principal do Palácio da Resistência.

Se em natal Fátima tem Natália Bonavides, que inclusive não tem crescido nas pesquisas, aqui em Mossoró Fátima ainda não tem candidato para chamar de seu ou sua.

Existe uma barreira na oposição mossoroense por causa da avaliação positiva da gestão Allyson Bezerra, isso é inegável. As críticas ao Prefeito existem e sempre vão existir. Precisam existir, afinal, ninguém consegue unanimidade quando o quesito é política.

São várias as questões sobre 2024: como virá o PT próximo ano, partido que tem uma Governadora e um Presidente da República? Vai lançar novamente Isolda ou vai apoiar algum outro nome? A ex-prefeita Rosalba será apoiada por Fátima? Lembrando que a Rosa votou na Governadora ano passado. O vereador Tony Fernandes vai encarar uma candidatura majoritária de mãos dadas com a esquerda?

Existe uma máxima meses antes das eleições sobre uma tal “união da oposição” para disputas à prefeitura, mas isso nunca aconteceu e Allyson provou justamente que não há necessidade deste tipo de ajuntamento, quando ele mesmo usou como mote principal o discurso da vontade da população.

Será que a vontade do eleitorado mossoroense é por uma nova mudança na gestão municipal? Talvez a partir desta resposta saberemos se Fátima e Lula vão cair pra dentro nas eleições do ano que vem aqui em Mossoró.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS