31 C
Mossoró
quarta-feira, 29 de maio, 2024
Por Vonúvio Praxedes
quarta-feira; 29 maio - 2024

Câmara de vereadores aprova CPI para investigar ex-prefeita

Mara Cavalcanti que foi prefeita de Riachuelo por dois mandatos será investigada sobre irregularidades na aplicação de recursos da merenda escolar do município em 2019

PUBLICIDADEspot_img

Via blog Lucas Tavares

A Câmara Municipal de Riachuelo baseada no relatório emitido pela Controladoria Geral da União (CGU) por superfaturamento da merenda escolar com recursos federais repassados pelo FNDE, instaurou a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar essa possível irregularidade na aplicação dos recursos durante o ano de 2019, na gestão da ex-prefeita Mara Cavalcanti.

O requerimento para a instauração da CPI foi apresentado pelos vereadores Rêmulo Araújo Basílio, Maria das Neves Basílio Cavalcanti Filha Avelino, Washington José Alves Fagundes de Melo e Valdenis dos Santos. O parecer emitido pela Casa Legislativa confirmou que o requerimento atende a todos os critérios necessários e estabelece um prazo adequado para a conclusão dos trabalhos.

A designação dos membros da CPI será realizada na próxima sessão ordinária da Câmara Municipal, seguindo o regimento interno. A partir desta investigação será possível a apuração sobre a destinação dos recursos públicos e com isso garantir a transparência e a responsabilização dos envolvidos.

Vale salientar, que o município de Riachuelo encontra-se com os recursos suspensos em detrimento a constatação aferida pela CGU, referente ao exercício de 2019, podendo comprometer as atividades escolares da rede municipal de ensino por falta de merenda.

OUTRO LADO

Este Diário Político buscou a ex-prefeita Mara pelo Instagram para comentar a abertura da CPI e dar a versão sobre o caso, mas não tivemos retorno.

Pelas postagens nas redes sociais, Mara Cavalcanti está se colocando como pré-candidata para concorrer novamente a Prefeitura de Riachuelo.

Veja despacho da Câmara de Riachuelo publicado no Diário Oficial da Federação das Câmaras Municipais / FECAM-RN. O documento é assinado pelo presidente do poder legislativo Graciliano Medeiros.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS