25 C
Mossoró
sábado, 20 de julho, 2024
Por Vonúvio Praxedes
sábado; 20 julho - 2024

Fazendeiro abre desvio improvisado e proporciona do volta fluxo de veículos na BR-304

Trecho funciona apenas durante o dia e está sendo cobrado R$ 30 reais por veículos para ajudar na manutenção do trecho e custo com pessoal

Via blog Tárcio Araújo

Desde Domingo (21/04) começou a circular veículos por um desvio alternativo construído às margens da BR 304 à altura de Lajes. São cerca de 2,7KM por dentro de duas propriedades rurais. A ideia surgiu dos donos das fazendas da área em parceria com inúmeros proprietários de carros de lotação da região. Esses profissionais viram a atividade definhar nos últimos 22 dias em razão do rompimento da ponte no Rio Ponta de Serra e a demora do DNIT em entregar o novo desvio da 304.

Segundo Armando Filho, proprietário de uma das fazendas por onde passa a nova rota, a população local não aguentou esperar pelo governo; “A gente viu que pelo ritmo da obra ia demorar muito e já temos muita gente sofrendo com essa situação. O pessoal dos alternativos estava tendo muito prejuízo, porque aumentou a distância até Natal, uma demora de 4 horas pra chegar. Estavam trabalhando somente pra pagar a gasolina. E nas cidades o comércio da região parado. A gente teve que fazer alguma coisa”, desabafa.

Armando e os “loteiros” bancaram os serviços de contratação de máquinas, pedras e areia. Fizeram todo o serviço em regime de mutirão. Ele conta que o acesso estará aberto oficialmente a partir desta terça (23) com horário de funcionamento das 05 às 17h. Será permitida passagem de carros pequenos, vans, alternativos, caminhonetes e motos. Caminhões e ônibus não são permitidos.

À noite não terá acesso, as porteiras terão cadeados.

Haverá uma espécie de pedágio de R$ 30 reais por veículos para ajudar na manutenção do trecho e custo com pessoal.

Não está sendo cobrada a passagem para veículos públicos como ambulâncias e carros de polícia.

Segundo Armando Filho, uma retroescavadeira alugada, permanecerá trabalhando na compactação do solo. Duas pessoas ficarão nas entradas para organizar o sentido dos carros e orientar os condutores no trajeto.

“A taxa é apenas pra gente pagar as despesas da manutenção”, explica Armando Filho.

Atenção; O desvio particular de 2,7 KM em Lajes passa pela parede de dois açudes privados e sobe uma elevação de 300 metros, pavimentada com paralelepípedo. Uma pessoa vai orientar a condução. As entradas ficam há alguns metros antes do local da ponte que se rompeu na BR 304.

DNIT

O DNIT esclarece que em relação às obras de implantação de um desvio na BR-304/RN, em Lajes, o cronograma de conclusão terá de ser revisto devido às constantes chuvas que não cessam na região. Contudo, as equipes do Departamento sempre que as condições climáticas são favoráveis vem dando celeridade aos trabalhos, visando liberar o tráfego no trecho o quanto antes. A expectativa é de que o desvio esteja operando até o início de maio.

No trecho foram realizados diferentes serviços como a limpeza da área, regularização do subleito e terraplenagem. Ainda está em andamento a execução de camada drenante com pedra rachão e de brita graduada, além da instalação de tubulação de um bueiro que vai permitir o fluxo do rio.

Sobre a construção da nova ponte o Departamento informa que o anteprojeto para contratação emergencial de empresa que fará a obra está em análise pela equipe técnica da autarquia. Após a aprovação do anteprojeto, será dado início ao processo de contratação de empresa especializada para construção.

Importante esclarecer que a nova estrutura terá conformações diferentes da travessia que colapsou, visando elevar a capacidade de vazão no segmento e afastar o risco da ocorrência de sinistros.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS