26 C
Mossoró
quarta-feira, 19 de junho, 2024
Por Vonúvio Praxedes
quarta-feira; 19 junho - 2024

PSDB nacional veta saída de deputados e frustra planos do PL de inflar bancada na ALRN

Partido bolsonarista tinha a pretensão de chegar a 7 deputados

PUBLICIDADEspot_img

Via AGORA RN

Uma resolução do PSDB nacional encaminhada a todos os diretórios estaduais e municipais proibindo a desfiliação de deputados pode atrapalhar os planos do PL potiguar de ampliar sua bancada na Assembleia Legislativa (ALRN).

Atualmente com dois deputados, o partido do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) quer aumentar o número para sete, sendo que quatro desses futuros novos integrantes hoje pertencem aos quadros do partido dos tucanos.

Assinada pelo presidente nacional do PSDB e governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, a resolução considera a necessidade de se adotar medidas visando a “unidade partidária” de modo a proibir a autorização para desfiliação de deputados e vereadores de todo o país.

“Ficam vedados todos os órgãos estaduais e municipais de autorizarem ou fornecerem carta de autorização para desfiliação a qualquer detentor de cargo eletivo de deputado estadual ou vereador”, diz o documento ao qual o AGORA RN teve acesso.

O descumprimento da resolução partidária, datada de 31 de agosto de 2023, constituirá justificativa para a aplicação dos dispositivos estabelecidos no regimento interno da sigla que tratam da “intervenção, dissolução e destituição dos órgãos partidários”.

A informação acerca da pretensão do PL de aumentar sua bancada na Assembleia partiu do deputado estadual Luiz Eduardo, que foi eleito pelo Solidariedade, mas es- tá de saída para o Partido Liberal (PL), partido que é presidi- do no RN pelo senador Rogério Marinho. Segundo o deputado, a sigla bolsonarista pretende ter a maior bancada da AL.

Atualmente o partido que detém a maior bancada da Casa é o próprio PSDB, com 10 deputados. Segundo Luiz Eduardo, deverão assinar ficha de filiação do PL os deputados Gustavo Carvalho, Doutor Kerginaldo, José Dias e Tomba Farias, todos atualmente no PSDB.

O PL já tem hoje na sua bancada Terezinha Maia e Coronel Azevedo. Com os quatro do partido tucano – caso a mudança se confirme – além de Luiz Eduardo, a sigla poderá se tornar a maior da Casa, com sete parlamentares.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS