22.1 C
Mossoró
domingo, 26 de junho, 2022
Por Vonúvio Praxedes

Dilemas: Cultive o que gera significado

A coluna 'Dilemas' é escrita por Alexandre Fonseca, jornalista, cineasta, escritor e produtor cultural

domingo; 26 junho - 2022

Por Alexandre Fonseca

Particularmente, dispor da consciência de gerenciar e perceber o que nos remete paz e se torna prazeroso em momentos da vida, é o sinônimo de longevidade física, mental e espiritual. Um certo dia, estava sentindo falta de produzir algo. Aqueles sentimentos de ociosidade, improdutividade surgindo, sabe?! Fui em busca de fazê-los desaparecerem. Peguei lápis, papel e separei alguns minutos de uma tarde de uma quarta-feira. Acabei encontrando um conteúdo audiovisual que serviria de referência para a minha próxima atividade como videomaker.

Roteiro montado, precisava agora da personagem e do local para as gravações. O processo sempre me deixa com frio na barriga, penso em inúmeras possibilidades, inclusive dos possíveis nãos que receberei ao longo da jornada de produção. Convidei uma parceira de trabalho, que logo me deu uma resposta positiva. Conversei com donos do ambiente que queria para a captação das imagens e sem nenhuma hesitação, fui muito bem recepcionado.

No meu caso, costumo trabalhar com o que representa um dos meus melhores passatempos. Um hobby extremamente necessário, que ampara a construção do conhecimento que adquiro, molda a minha personalidade e a minha bagagem de vida, diante das situações vivenciadas. Produzir audiovisual me conecta com o mundo, é um exercício responsável por me fazer sentir parte dele, gerador do significado que almejo na compreensão do pertencer a uma realidade que está pronta para ser retratada pelas lentas da minha câmera.

Por essa razão, decidi escrever sobre a busca por coisas e ações que me causam felicidade, na esperança de manter a existência contínua pelo cultivo de tudo aquilo que seja capaz de despertar o máximo de satisfação legítima. Sem amarras, sem a obrigatoriedade de ser algo grandioso, apenas, com o leve objetivo de proporcionar serenidade e equilíbrio ao tipo de pessoa que pretendo me tornar. Não faz sentido vivermos presos em responsabilidades intensas, se não pudermos aproveitar o bom da vida. Naquela quarta-feira específica, projetar as gravações e imaginar todo o produto final era tudo que eu carecia.

Ah, se tiver curiosidade em ver o que foi produzido por mim e pela minha parceira de trabalho, é só clicar no vídeo abaixo e interpretar da sua maneira. Mas, deixo claro que a mensagem por trás da produção audiovisual a seguir, complementa o que está escrito neste texto: seja o seu próprio suporte! Não permita que isso morra nunca! E aí, já separou um tempo para você, hoje?

Alexandre Fonseca é jornalista, cineasta, escritor e produtor cultural.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

PUBLICIDADE

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS