30 C
Mossoró
segunda-feira, 4 de março, 2024
Por Vonúvio Praxedes
segunda-feira; 4 março - 2024

Fernandinho tenta ser fermento para os ingredientes da oposição em Mossoró

A oposição em Mossoró poderá até não sair unida, mas pelo menos existe um pouco de vontade. Resta saber se terá fermento necessário para crescer

PUBLICIDADEspot_img

No final de semana um passo importante dentro das possibilidades eleitorais de Mossoró foi dado em Tibau. O vice-prefeito João Fernandes de Melo Neto, mais conhecido como Fernandinho das padarias que tem permanecido ausente de grandes discussões políticas, conseguiu reunir quase a totalidade do grupo oposicionista mossoroense em sua casa de praia. De pão Fernandinho entende e sabe a importância de cada ingrediente. Com isso tenta colocar um pouco mais de fermento na massa e tornar grande uma oposição que busca unir forças.

O momento não é de confirmações, mas de avanço do diálogo. Os personagens da política mossoroense começaram a colocar as peças no tabuleiro e como estas peças estarão posicionadas fará com que possa existir alianças ou não dos que fazem a oposição aqui na cidade. Nomes como o vereador Tony Fernandes, da deputada Isolda Dantas e outros vereadores e lideranças como a ex-presidente da câmara mossoroense Isabel Montenegro, dão o tom do que poderá vir nos próximos meses.

A ausência sentida foi a da ex-prefeita Rosalba que justificou a falta porque estava acompanhando o marido num procedimento médico.

O vice-prefeito Fernandinho rompeu com o prefeito ainda no primeiro ano de mandato, por questões ainda não totalmente reveladas ao público e logo em seguida aliou-se a governadora Fátima Bezerra. Disputou como candidato a Deputado Federal em 2022 e teve algo em torno de 5.600 votos. Alçado ao cargo de vice de Allyson por falta de interesse de outros nomes, Fernandinho não conseguiu despontar de forma independente na política, mesmo tendo experiência de montar nominatas em pleitos passados. 

Não se sabe o destino partidário de Fernandinho neste ano, mas talvez a forma como a relação política do vice com o prefeito Allyson tenha chegado ao fim, poderá trazer algum tipo de fato novo à disputa deste ano.

A oposição em Mossoró poderá até não sair unida, mas pelo menos existe um pouco de vontade. Resta saber se terá fermento necessário para crescer.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS