21.9 C
Mossoró
terça-feira, 18 de junho, 2024
Por Vonúvio Praxedes
terça-feira; 18 junho - 2024

Áudio comprometedor leva a exoneração de gestor cultural em Mossoró

Município informou em nota que o caso agora "deverá ser apurado pelas instâncias competentes"

PUBLICIDADEspot_img

Em portaria publicada na edição desta quarta (01) no Diário Oficial de Mossoró, o produtor cultural Francisco Thiago Bento da Silva foi exonerado do cargo em comissão de diretor administrativo na função de diretor do Departamento de Gestão Cultural. Thiago era o responsável pela execução do Chuva de Bala no País de Mossoró.

Além de atuar na gestão do espetáculo, Thiago Bento ocupou a função de diretor da Escola de Artes na atual administração.

O espetáculo Chuva de Bala 2024 está na fase de ensaios do elenco, além da seleção de jovens talentos. A Prefeitura anunciou que houve recorde de inscritos para novos artistas.

A estreia da temporada deste ano acontece no dia 06 de junho. A direção geral é de Leonardo Wagner.

Áudios nas redes sociais

Na noite desta quarta, áudios atribuídos a Thiago Bento circularam em mensagem em grupos de Whatsapp. A gravação de uma suposta reunião mencionava acordos para realização do evento e pagamentos de cachês a companhias teatrais e artistas.

Em nota, a Prefeitura de Mossoró informou que “tomou conhecimento de áudio envolvendo servidor do Município, o qual tratava de suposto caso de irregularidade no trato da coisa pública. Referido servidor já foi exonerado e o caso agora deverá ser apurado pelas instâncias competentes”, detalha.

O áudio vazado mostra uma conversa, atribuída ao ex-diretor, na qual ele fala sobre um contrato e o fechamento de um cachê em que ele teria sugerido o aumento de R$ 20 mil para R$ 25 mil. No áudio, ele teria sugerido ficar com R$ 5 mil desse total.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) informou que adotou “as providências pertinentes em relação ao caso”. Segundo o MP, a apuração está em fase inicial, “razão pela qual, no momento, não há informações adicionais a serem repassadas”.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS