24.7 C
Mossoró
sábado, 20 de abril, 2024
Por Vonúvio Praxedes
sábado; 20 abril - 2024

Servidores da Segurança Pública do RN suspendem diárias operacionais e protestam na segunda-feira, 18

Efetivo realiza manifestação pela valorização profissional em frente à governadoria e entidades da segurança devem ser recebidas pelo governo

PUBLICIDADEspot_img

Os servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte se unem na próxima segunda-feira (18/03), às 13h, em frente ao Centro Administrativo. O objetivo do ato é protestar contra as perdas salariais dos últimos anos.

De acordo com os estudos técnicos realizados pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), as perdas salariais dos servidores da Segurança Pública do Estado já atingem 42%. As categorias pleiteiam a recomposição desses valores.

Na última assembleia geral realizada no dia 07/03 no Clube Tiradentes, os servidores deliberaram e votaram por unanimidade por paralisar a realização de diárias operacionais. A medida deve impactar diretamente a organização das escalas nos batalhões e, consequentemente, a população vai sentir a falta desses profissionais nas ruas.

Ainda no dia 18, as entidades representativas da segurança pública da capital e do interior do Estado devem se reunir com a Governadora para discutir a recomposição salarial.

Participam do ato a Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), Associação dos Oficiais Militares Estaduais do RN (ASSOFME), Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Agreste do Estado do RN (ASSPRA RN), Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar/RN (ACS-PM/RN), Associação dos Bombeiros Militares do RN (ABMRN), Associação de Praças e Bombeiros Militares do Seridó (APBMS), Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró (APRAM), Associação dos Policiais Inativos e Pensionistas do RN (ASPIPERN), e Associação dos Policiais e Bombeiros Militares do Alto Oeste do RN (APRORN).

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS