31 C
Mossoró
domingo, 26 de maio, 2024
Por Vonúvio Praxedes
domingo; 26 maio - 2024

Agentes de trânsito passam por capacitação sobre primeiros socorros em Mossoró

Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) ampliou as competências dos agentes de trânsito municipais e agora estão habilitados para lidar com qualquer sinistro de trânsito no âmbito local

PUBLICIDADEspot_img

A Prefeitura de Mossoró iniciou nessa segunda-feira (24/07) capacitação dos agentes de trânsito com treinamentos de abordagens primárias pré-hospitalar, primeiros socorros e suporte básico de vida. O objetivo é preparar os agentes para lidar com as situações de emergências em ocorrências de trânsito com ou sem vítima. A capacitação acontece no auditório da seccional da OAB em Mossoró e segue até esta terça-feira (25/07).

Recentemente, o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) ampliou as competências dos agentes de trânsito municipais, que antes atendiam apenas ocorrências sem vítimas. Agora, os agentes estarão habilitados para lidar com qualquer sinistro de trânsito no âmbito local. Com isso, a capacitação se torna ainda mais necessária, a fim de prestar um atendimento rápido e eficaz.

“Depois das nossas competências serem ampliadas, fazendo com que o agente também seja o responsável por atender os acidentes de trânsito com vítimas, é de extrema importância essa capacitação. O agente chegou ao local, o que ele deve fazer? Como proceder? Cada acidente de trânsito tem uma vítima com características específicas e temos que estar prontos, mas para que estejamos prontos, precisamos estar nos qualificando. Portanto, nós trouxemos aqui hoje os melhores profissionais da cidade, e assim ofertar o melhor serviço à população mossoroense”, frisou o diretor de Mobilidade Urbana do município, Luís Correia.

A capacitação contou com instruções preparadas pelo Instituto Mossoroense de Atendimento pré-hospitalar (IMAPH) e Curem – Centro de Treinamento em Urgência e Emergência.

A capacitação acontece no auditório da OAB Mossoró – foto: divulgação

A formação abordou tópicos essenciais, como atendimento de primeiros socorros. O ponto alto da capacitação foi o simulado realístico, onde os agentes foram submetidos a cenários de emergência que reproduziam com fidelidade situações reais encontradas no trânsito. Esse treinamento em ambiente controlado permitiu que os participantes enfrentassem desafios semelhantes aos que poderiam encontrar em sua rotina profissional, preparando-os para lidar com o estresse e a pressão em momentos críticos.

Além disso, a capacitação incluiu práticas de habilidades fundamentais para o desempenho das ações de socorro. Essa abordagem prática garantiu que os agentes ganhassem confiança e desenvolvessem as competências necessárias para agir de forma assertiva e rápida em situações de urgência.

“Ao investir no desenvolvimento desses profissionais, a cidade demonstra seu compromisso com a segurança e o bem-estar da população, fortalecendo ainda mais sua rede de proteção em momentos de urgência e emergência”, infirmou Ivanna Fernandes, instrutora do IMAPH.

Hoje, eles (os agentes de trânsito) chegarão em um determinado acidente como a abordagem primária dessas vítimas. Então, cada minuto hoje vai fazer a diferença na vida daquela pessoa que estará envolvida no acidente. E aqui nós estamos qualificando esses profissionais para dar uma maior eficiência de atendimento, fazendo a vítima ter uma chance maior de não ter dano nenhum por conta do acidente. Como a primeira abordagem deve ser pelo agente de trânsito, é imprescindível que esse agente esteja capacitado”, ressaltou o coordenador do Curem, Tardely Farias.

O agente de trânsito Marcos Pereira enalteceu a ação: “É de suma importância nos capacitar para uma ocorrência com ou sem vítima, de forma ainda mais adequada para atendimentos prévios, seja de saúde, mobilização, entre outros, e isso sem dúvidas é essencial.”, disse.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS