24.7 C
Mossoró
sábado, 20 de abril, 2024
Por Vonúvio Praxedes
sábado; 20 abril - 2024

Senador Rogério Marinho assume PL no RN com novos Prefeitos filiados

Marinho se comprometeu com uma gestão em defesa aos interesses do estado e de seus municípios.

PUBLICIDADEspot_img

Via assessoria

O senador Rogério Marinho (PL-RN) tomou posse nessa segunda-feira (3/07) como presidente do Partido Liberal no Rio Grande do Norte. A cerimônia, que lotou um auditório do Hotel Holiday Inn, em Natal, contou com a presença de mais de 100 municípios. “O que mostra a capilaridade, a força, a resiliência de uma ideia. De uma semente que foi plantada no solo potiguar, que cresceu, que se fortaleceu, que deu fruto, sombra e flores e que permite que o estado do Rio Grande do Norte possa sonhar com dias melhores”, destacou.

Em seu discurso, Rogério Marinho defendeu os interesses do estado e prometeu um PL qualificado, consistente, íntegro, honesto e antenado com o sentimento da população. O novo presidente do diretório do PL no Rio Grande do Norte se comprometeu com uma gestão em defesa aos interesses do estado e de seus municípios. Ao longo de sua fala, reforçou a importância de melhorar a saúde, a educação, a segurança e a qualidade dos serviços sociais prestados.

O senador também enfatizou as obras de infraestrutura no estado e sustentou que todas as obras anunciadas pelo governo estadual foram iniciadas na gestão de Jair Bolsonaro, quando ele era ministro do Desenvolvimento Regional, a exemplo da Engorda da Praia de Ponta Negra. “O problema do Rio Grande do Norte não é ideológico, é de gestão, de incompetência, de má gerência”, comentou Rogério Marinho ao criticar a situação das rodovias, que carecem de manutenção.

Ao longo do discurso, o presidente do PL potiguar também defendeu os valores da direita, mas deixou claro que a ideia não é nacionalizar a campanha municipal nas eleições de 2024. “Nós não temos interesse nenhum em nacionalizar uma campanha municipal no interior do estado do Rio Grande do Norte. Porque não é a condição desse ou daquela liderança nacional que vai dar ao cidadão — aquele que mora no mais distante rincão do nosso estado —, a satisfação das suas necessidades mais comezinhas”, comentou.

Rogério Marinho também reforçou suas convicções e seu empenho para que a população do estado entenda que ele e sua gestão representam e defendem os mesmos valores da população. “Quem é que defende a família brasileira? Nós. E quem é contra a família brasileira? Muito poucos. Nós que aqui estamos representamos, sem dúvida nenhuma, a maioria do povo brasileiro”, comentou. O presidente do PL-RN enfatizou ser contra a descriminalização das drogas, a favor do direito da propriedade, e um defensor das liberdades, como a liberdade religiosa, o livre arbítrio e a liberdade de expressão.

Força

A posse de Rogério Marinho foi uma demonstração de força do PL no estado. O presidente estadual do partido frisou que o PL filiou 18 prefeitos nessa segunda-feira, dobrando, assim, seu número de prefeitos. “Nós já somos o maior partido do estado do Rio Grande do Norte”, destacou. A cerimônia também marcou a posse dos demais membros do diretório potiguar.

Entre os presentes na posse, estavam o senador Styvenson Valentim, os deputados federais Robinson Faria, Benes Leocádio, General Girão e Paulinho Freire, os deputados estaduais Terezinha Maia, Dr. Kerginaldo, Tomba Faria, Taveira Júnior e Luis Eduardo. Também compareceram o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Érico Jácome, o presidente da Fecam, vereador Wolney França, dezenas de prefeitos, vereadores e lideranças dos municípios.

Nota do Diário Político

O Senador Rogério Marinho deve tentar concorrer ao Governo do RN em 2026. Sabe que o trabalho precisa de empenho e consistência ao longo desses próximos anos. As eleições municipais serão o teste prático de como Marinho pretende atingir seu objetivo. Assumir o PL é mais um movimento estratégico de uma série de passos que serão dados daqui para frente.

Saúde

O senador Rogério Marinho (PL-RN), líder da oposição no Senado, deu entrada nessa segunda-feira (3) no Hospital Rio Grande, em Natal, para continuar o tratamento de uma erisipela — uma infecção da pele — iniciado ainda na sexta-feira (30). Ele recebeu alta médica no domingo (2) para comparecer nesta segunda ao evento em que tomou posse como novo presidente do diretório estadual do Partido Liberal, mas retornou à unidade hospitalar.

A doença foi ocasionada pela picada de um inseto durante uma agenda realizada no interior do Rio Grande do Norte. A infecção se desenvolveu e Rogério Marinho registrou na sexta-feira a primeira internação no Hospital Rio Grande em razão de um inchaço no pé. Entre sexta e domingo, a equipe médica administrou antibiótico e demais medicamentos por via intravenosa. O senador foi liberado para ir ao evento de posse, mas voltou imediatamente ao hospital para continuar o tratamento.

A perspectiva de Rogério Marinho é de que até o fim desta semana ele esteja em condições de retornar a Brasília e às atividades normais. Até lá, ele permanece no hospital sob medicação e os cuidados médicos para debelar a infecção e evitar que ela tome uma proporção maior. “Com certeza estarei na próxima semana apto a retomar minhas atividades normais. Assim que for liberado do hospital, voltarei a Brasília e às minhas atribuições de líder da oposição no Senado da República”, destaca.

Senador Rogério Marinho discursa ao assumir PL no RN – foto: Demis Roussos
Senador Rogério Marinho discursa ao assumir PL no RN – foto: Demis Roussos
PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS