26 C
Mossoró
quarta-feira, 19 de junho, 2024
Por Vonúvio Praxedes
quarta-feira; 19 junho - 2024

“Água de chafarizes não é mineral”, diz nota de Sindicato que pede rigor nas fiscalizações

"Os órgãos de controle ainda não têm um monitoramento eficaz da origem da água, nem do protocolo de qualidade do que é fornecido pelos chafarizes", diz nota da Sicramirn

PUBLICIDADEspot_img

O Sindicato das Indústrias de Cervejas, Refrigerantes, Águas Minerais e Bebidas em Geral do RN publicou nota com explicação sobre o equívoco que tem sido feito em divulgações considerando a água de chafarizes como água mineral. O texto reforça as diferenças entre as águas fornecidas, bem como o papel dos órgãos de fiscalização.

A água mineral é aquela proveniente de fontes naturais e possui composição química ou propriedades físicas e físico-químicas distintas das águas comuns, conferindo-lhe características medicamentosas” explica.

“Outro erro é que os chafarizes também não podem envasar garrafões de 20 e 10 litros, nem utilizar as tampas exclusivas, segundo a legislação sanitária (Portaria Conjunta n.º 5 da Vigilância Sanitária Estadual e do IGARN)”, diz um trecho da nota.

Leia nota na íntegra:

Nota de esclarecimento sobre o fornecimento da água de chafarizes

O Sindicato das Indústrias de Cervejas, Refrigerantes, Águas Minerais e Bebidas em Geral do RN (Sicramirn) manifesta grande preocupação com a associação equivocada que tem sido feita entre a água comercializada pelos chafarizes e a água mineral, levando o consumidor ao engano, pois a água comercializada pelos chafarizes não é mineral.

Ademais, os órgãos de controle ainda não têm um monitoramento eficaz da origem da água, nem do protocolo de qualidade do que é fornecido pelos chafarizes. Sendo assim, caso estejam nos padrões de potabilidade, equivalem a uma água do SAAE, Caern ou de Caminhões Pipa. Outro erro é que os chafarizes também não podem envasar garrafões de 20 e 10 litros, nem utilizar as tampas exclusivas, segundo a legislação sanitária (Portaria Conjunta n.º 5 da Vigilância Sanitária Estadual e do IGARN).

A água mineral é aquela proveniente de fontes naturais e possui composição química ou propriedades físicas e físico-químicas distintas das águas comuns, conferindo-lhe características medicamentosas. A água mineral não passa por tratamento químico, sendo extraída diretamente do subsolo e submetida a rigorosos procedimentos de controle de qualidade realizados por órgãos públicos e pelas empresas.

Fornecer água para consumo humano, sem procedência ou controle de qualidade adequados, representa um risco para a saúde pública. Portanto, enfatizamos a necessidade de as autoridades sanitárias implementarem medidas de controle mais rigorosas, fornecerem informações claras à população e orientarem sobre as práticas adequadas de comercialização, visando preservar o bem-estar coletivo e a saúde pública.

Sindicato das Indústrias de Cervejas, Refrigerantes, Águas Minerais e Bebidas em Geral do RN (Sicramirn)

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS