26 C
Mossoró
domingo, 16 de junho, 2024
Por Vonúvio Praxedes
domingo; 16 junho - 2024

Piso da educação: servidores estaduais avaliam nova proposta do Governo

A regional do Sinte em Mossoró em assembleia na manhã desta segunda-feira (13) rejeitou proposta do Governo

PUBLICIDADEspot_img

Na sexta-feira passada (10/03), uma semana após a Rede Estadual deflagrar greve, o Governo apresentou nova proposta para atualizar o Piso Salarial 2023. Exposta em audiência com a comissão de negociação (grupo composto por dirigentes do SINTE/RN e quatro membros da base), consiste no seguinte:

  • Implementar de forma imediata os 14,95% para todos que estão abaixo da tabela salarial do Piso, já com efeito retroativo a janeiro.
  • Para os demais, implantar na carreira em duas parcelas, nos meses de maio (7,21%) e dezembro (7,22%) deste ano.
  • Pagar em 8 meses, de maio a dezembro 2024, o retroativo dos 14,95% acumulado entre janeiro e maio, mais o retroativo dos 7,22% acumulado entre maio e novembro de 2023.

A proposta será avaliada em Assembleia no dia 14 de março (terça-feira). O encontro acontece às 14h. O local ainda não foi definido.

A regional do Sinte em Mossoró teve assembleia na manhã desta segunda-feira (13) e rejeitou a proposta do Governo.

PORTE DAS ESCOLAS, TEMPO INTEGRAL, CONCURSO E PCCR

Os projetos que tratam do porte das escolas (gratificações) e das escolas de tempo integral serão enviados à Assembleia Legislativa até 30 de março. É o que prometeu a secretária estadual de educação, professora Socorro Batista. De acordo com a Chefe da SEEC, os textos serão encaminhados após o esclarecimento de todas as dúvidas ainda existentes.

Sobre a realização de um concurso neste ano, a Secretária afirmou que o Governo precisa de tempo para levantar dados. Isso porque as demandas dos IERN’S serão incluídas. Assim, será formada uma comissão, seguindo todos os trâmites previstos.

Quanto ao PCCR dos funcionários, ainda não há nenhuma definição. A questão, reivindicada reiteradas vezes pelo SINTE/RN, segue pendente.

Audiência Sinte e secretária de educação – foto: assessoria Sinte
PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS