26.2 C
Mossoró
terça-feira, 28 de maio, 2024
Por Vonúvio Praxedes
terça-feira; 28 maio - 2024

Saiba quem poderá e onde tomar vacina bivalente contra Covid-19 em Mossoró nesta segunda-feira, 27

A vacina protege contra a variante original do vírus e contra cepas que surgiram posteriormente

PUBLICIDADEspot_img

A Prefeitura de Mossoró inicia nesta segunda-feira (27/02), imunização com a dose da vacina bivalente contra Covid-19. A vacina é destinada a pessoas que concluíram o esquema primário, composto pelas duas primeiras doses das vacinas monovalentes, há pelo menos 4 meses. O processo de imunização acontecerá seguindo calendário por grupos prioritários divididos em fases.

Na semana passada o município mossoroense recebeu 2.220 doses da vacina bivalente. Nesta primeira fase, a vacinação é voltada à população acima dos 70 anos de idade; pacientes imunocomprometidos a partir de 12 anos de idade; pessoas que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILP) a partir de 12 anos de idade, abrigados e os trabalhadores dessas instituições; comunidades indígenas, ribeirinhas, e quilombolas a partir de 12 anos de idade.

A vacina bivalente faz parte da segunda geração de imunizantes contra a Covid-19. A vacina protege contra a variante original do vírus e contra cepas que surgiram posteriormente como, por exemplo, a Ômicron e suas subvariantes. 

A vacina funciona como dose de reforço, sendo direcionada às pessoas que possuem pelo menos duas doses das vacinas Coronavac, Pfizer, AstraZeneca ou Janssen. O intervalo para receber a bivalente é de 120 dias (4 meses) da última dose tomada.

UBS Polos de imunização (vacina bivalente):

UBS Maria Soares da Costa – Alto de São Manoel

UBS Dr. José Leão – Alto da Conceição

UBS Dr. Chico Costa – Barrocas

UBS Dr. Lucas Benjamim – Abolição III

UBS Centro Clínico Evangélico – Centro

Cronograma (vacina bivalente):

Fase 1:

– Pessoas com mais de 70 anos de idade;

– Imunocomprometidos a partir de 12 anos de idade;

– Pessoas vivendo em Instituições de Longa Permanência (ILP) a partir de 12 anos de idade, abrigados e os trabalhadores dessas instituições;

– Comunidades indígenas, ribeirinhas, e quilombolas a partir de 12 anos de idade.

Fase 2:

– Pessoas de 60 a 69 anos de idade.

Fase 3:

– Gestantes e puérperas.

Fase 4:

– Trabalhadores da saúde.

Fase 5:

– Pessoas com deficiência permanente;

– População privada de liberdade a partir de 18 anos de idade;

– Adolescentes cumprindo medidas socioeducativas (menores de 18 anos);

– Funcionários do sistema de privação de liberdade.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS