24.7 C
Mossoró
quarta-feira, 21 de fevereiro, 2024
Por Vonúvio Praxedes
quarta-feira; 21 fevereiro - 2024

Ações de combate a “gatos” crescem 7,7% no RN

Neoenergia Cosern desativou mais de 4.200 fraudes e recuperou um volume de energia suficiente para abastecer todo o RN por dois dias

PUBLICIDADEspot_img

A Neoenergia Cosern intensificou as ações de combate aos furtos de energia (o popular “gato”) em todo o estado. De acordo com o último levantamento da “Operação Varredura” da distribuidora, a quantidade de “gatos” identificados e desativados entre janeiro e setembro cresceu 7,7% em relação ao total do ano passado. Ao todo, já foram realizadas 46.043 inspeções e identificadas 4.247 irregularidades nos nove primeiros meses deste ano.

“É importante ressaltar que uma parte do prejuízo causado por esse tipo de crime é dividido por todos os potiguares no momento da definição do reajuste tarifário feito todos os anos pela Agência Nacional de Energia Elétrica”, lembra Thelmo Varela, gerente de Recuperação da Receita da Neoenergia Cosern. “Além disso, o gato de energia é crime, coloca em risco a vida de quem faz e de quem está perto, provoca oscilações no fornecimento de energia e pode provocar queima de equipamentos”, complementa o gerente.

No trabalho de combate aos ‘gatos’, que conta com apoio das autoridades policiais, a Neoenergia Cosern já recuperou 19,3 milhões de kWh entre janeiro e setembro. Para se ter uma ideia, o consumo médio mensal de uma residência potiguar é de 145 kWh. Esse volume de energia que estava sendo desviada e foi recuperada seria suficiente para abastecer, por exemplo, todo o Rio Grande do Norte por dois dias.

Em outro comparativo, a energia que estava sendo furtada e foi recuperada pela distribuidora seria suficiente para abastecer, juntos, os municípios de São Gonçalo do Amarante e Macau por 30 dias, por exemplo. Em 2022, quatro pessoas foram presas pelas autoridades policial em todo o Rio Grande do Norte praticando a irregularidade.

Furto x Fraude

A fraude é quando o consumidor já é cliente da Neoenergia Cosern e manipula o medidor de energia com o objetivo de reduzir o consumo faturado. Já o furto consiste em desviar energia diretamente da rede elétrica sem a medição do consumo e o conhecimento da distribuidora.

Os consumidores que se sentirem lesados com essa prática criminosa (uma vez que o prejuízo causado pelos desvios é dividido por todos) podem denunciar, de forma totalmente anônima, por meio do telefone 116, WhatsApp (84) 3215-6001 e pelo site da Neoenergia Cosern (www.neoenergiacosern.com.br).

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS