22.1 C
Mossoró
domingo, 26 de junho, 2022
Por Vonúvio Praxedes

Estado cancela pagamento de diária a Fátima Bezerra para casamento de Lula

O pagamento do recurso foi negado pelo secretário-chefe da Casa Civil, Raimundo Alves, que não autorizou a liberação do valor

domingo; 26 junho - 2022

Via Agora RN

Diante da polêmica em torno do recebimento de diárias pagas pelo governo do Rio Grande do Norte para permanecer entre os dias 17 e 19 de maio em São Paulo, para agenda administrativa – quando participou do casamento do pré-candidato à Presidência da República Lula (PT), a governadora Fátima Bezerra (PT) não receberá mais a verba indenizatória. O pagamento do recurso foi negado pelo secretário-chefe da Casa Civil, Raimundo Alves, que não autorizou a liberação do valor, nesta terça-feira 24.

Fátima Bezerra solicitou o recebimento de R$ 1.643,61, a título de diárias, para se deslocar ao estado de São Paulo entre os dias mencionados, para cumprimento de agenda oficial e do casamento de Lula, celebrado no último dia 18 de maio. Via de regra, diária só pode ser paga a servidor público e caso de deslocamento oficial, a serviço da gestão em questão, jamais para lazer ou evento social. No Rio Grande do Norte, um decreto assinado por Fátima em janeiro de 2020 regulamentou a norma.
Advertisement

O secretário estadual de Comunicação do Estado, Daniel Cabral, enfatizou que o recurso havia sido solicitado para cumprimento de agenda administrativa oficial em São Paulo, onde teria reunião agendada com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Josué Gomes. Na ocasião, a gestora falou sobre o “RN Investe” para apresentar as potencialidades do Estado ao empresariado e atrair mais investimentos e entregou a medalha do Mérito Potiguar do Desenvolvimento Econômico, prêmio que destaca personalidades no âmbito do desenvolvimento econômico.

Cabral explicou que, após o cumprimento da agenda oficial, a gestora ficou livre para fazer outras atividades, incluindo lazer e evento social, como ocorreu, ao ir ao casamento de Lula e da socióloga Rosangela Silva, a Janja. “O que a governadora faz depois das agendas oficiais não é ilegal, todas as vezes que ela vai a SP, ela visita Lula. O que ela faz depois da agenda administrativa, é da vida normal de uma pessoa qualquer. Tanto ela, como qualquer servidor, tem vida após o expediente”, comentou, em resposta à 98 FM.

A polêmica em torno das diárias foi ampliada pelo fato do Portal da Transparência do governo, onde constavam os valores dos custos e pagamentos a serem feitos pela viagem, ter saído do ar e, ao retornar, já não constavam mais os valores das diárias que seriam pagas à Fátima Bezerra entre os dias que envolvem o casamento do pré-candidato Lula. Em função do desgaste e para eliminar a possibilidade de mau uso de recursos públicos, o pagamento foi negado pela Casa Civil.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

PUBLICIDADE

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS