22.1 C
Mossoró
domingo, 26 de junho, 2022
Por Vonúvio Praxedes

Presidente do Patriota critica duramente desistência de empresário de concorrer ao Governo do RN

Marcel Vital disse que ex-pré-candidato Haroldo Azevedo retirou candidatura ao governo sem avisar ao partido

domingo; 26 junho - 2022

Via Agora RN

A retirada da pré-candidatura do empresário Haroldo Azevedo (Patriota) ao governo do Estado nas eleições deste ano, anunciada com exclusividade pelo jornal AGORA RN, em sua edição dessa quarta-feira 18, surpreendeu o mundo da política potiguar, incluindo os integrantes do seu partido. “Fomos apunhalados pelas costas. É assim que nós, eleitores e integrantes do Patriota no Rio Grande do Norte, nos sentimos, infelizmente”, desabafou o presidente estadual do Patriota, Marcel Vital.

Ele afirmou que o partido recebeu a notícia da desistência de Haroldo Azevedo por meio da imprensa, na manhã desta quarta, e que os sentimentos que tomaram conta de todos foram de muita tristeza, indignação e decepção. Principalmente, porque, segundo ele, o empresário não comunicou ou consultou ninguém da direção do partido sobre sua intenção de deixar a disputa pelo governo do Estado.

“Estamos aguardando um pronunciamento oficial dele para o partido, explicar o real motivo que o levou a tomar uma decisão radical. Fomos pegos de surpresa, e uma surpresa negativa, porque sequer fomos avisados antes. Soubemos de susto, pela imprensa e pelos inúmeros telefonemas de eleitores e correligionários, incrédulos com o fato de que passamos o dia todo tentando acalmar. Já estamos reunidos e avaliando vários nomes. Tomaremos a melhor decisão no momento oportuno, de maneira fria e sensata. Em breve pronunciaremos nossas decisões”, desabafou Marcel.

O presidente do Patriota disse ainda que o trabalho já vinha sendo desenvolvido, em todo o Rio Grande do Norte, com adesão de vários apoiadores, conservadores e da extrema direita, inclusive com o apoio do ex-deputado estadual José Adécio, no qual estava se disponibilizando com um dos principais articuladores políticos e usando sua vasta experiência no crescimento do projeto. “Em análise estatista, Haroldo deixa o projeto tendo um forte crescimento de forma espontânea, por se apresentar como um nome realmente novo sério e verdadeiramente ficha limpa”.

Marcel destacou que, para o Patriota, o cenário político-eleitoral no Rio Grande do Norte, a partir de agora, precisa ser analisado cuidadosamente, para evitar ações e atitudes equivocadas por parte de todos os envolvidos. “Aprendi que a política é um jogo de xadrez, ou seja, não podemos fazer uma ação equivocada. Então, o momento agora é que todos parem, analisem e tomem uma posição assertiva. O jogo é jogado, o Patriota está mais vivo que nunca, nesta luta árdua e desigual para renovação política”.

Ele disse que a legenda também não terá candidatura própria ao Senado Federal, mas segue firme na construção de uma nominata consistente e de alta qualidade, para que os eleitores potiguares tenham nomes com credibilidade para escolher. “Não haverá candidatura própria ao Senado. No entanto, estamos sendo sondados para uma possível conjuntura para apoiar um pré-candidato. Já em relação às nominatas para deputados estaduais e federais, estamos prontos para o pleito, firmes e fortes”, disse.

Segundo Marcel Vital, nenhuma semente se transforma de árvore da noite para o dia. “Precisamos semear e cuidar para que o nosso plantio resista às pragas e tempestades. Mas, não podemos deixar de acreditar, pois isso nos trará motivação para acordar todos os dias e perseverar. Porque quem sabe o que está plantando, não teme a colheita, afirmou.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

PUBLICIDADE

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS