25.1 C
Mossoró
sexta-feira, 20 de maio, 2022
Por Vonúvio Praxedes

Veto à lei Paulo Gustavo foi político

sexta-feira; 20 maio - 2022

Por Merval Pereira/O GLOBO

Há claramente um interesse político por trás do veto do presidente Bolsonaro à lei Paulo Gustavo. A cultura é vista neste governo como transgressora, como uma atividade menor, de esquerda. Ora, toda arte, basicamente é transgressora.

Orientá-la para esquerda ou direita é fazer com que ela não se desenvolva. Se você der orientação política à arte, como este governo tenta fazer, ou como o governo do PT também tentou uma vez, exigindo uma atividade cultural que reverberasse no social, você limita a cultura. Evidente que há má vontade do governo com políticas de financiamentos mais liberais que incentivem qualquer tipo de arte.

É um governo contra cotas e contra o incentivo a culturas especificas, como a africana e por isso vetou. O dinheiro para este fundo já está lá; é só ter o espírito do momento, que ainda é de pandemia, e transformá-lo em uma ajuda emergencial ao sistema cultural, como já foi feito em outros setores.

Mas o governo só faz isso para quem acha que lhe dá votos.

A cultura pode não dar votos, mas fortalece o país.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

PUBLICIDADE

spot_img

PUBLICIDADE

spot_img

ÚLTIMAS