31 C
Mossoró
quarta-feira, 29 de maio, 2024
Por Vonúvio Praxedes
quarta-feira; 29 maio - 2024

Governadora Fátima poderá fazer história ao recuperar rodovias do RN

Recuperação de 210,5 quilômetros de rodovias no Oeste começam nos próximos dias

PUBLICIDADEspot_img

Depois de anos de cobrança, finalmente a governadora Fátima Bezerra (PT) assinou na semana passada a ordem de serviço para obras de restauração de nove trechos de rodovias estaduais sob jurisdição dos distritos rodoviários de Mossoró e Pau dos Ferros. Eles compõem o Lote 1 do Programa de Restauração de Rodovias Estaduais, recentemente licitado pela Secretaria da Infraestrutura, totalizando 210,5 quilômetros.

No sexto ano à frente do executivo estadual, esta é uma das principais demandas reclamadas pela população do Rio Grande do Norte.

Fazem parte do primeiro lote, entre outras, a RN-015, trecho entre Mossoró e Baraúna; o trecho Mossoró/Governador Dix-sept Rosado da RN-117, e 41 quilômetros da RN-177, de Pau dos Ferros a São Miguel.

Financiado por recursos da primeira parcela do empréstimo no âmbito do Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal (PEF), no valor de R$ 428 milhões, o programa de restauração de rodovias contempla quase 800 quilômetros de estradas nos sete distritos rodoviários do Estado.

A Governadora comemorou a concretização daquilo que mais evidencia a falta de cuidado com o desenvolvimento de um estado, a falta de estradas: “Hoje é um dia muito especial para nosso governo porque conseguimos criar as condições para a recuperação de nossas estradas. É um dia para celebrar”, disse Fátima Bezerra.

Os dois outros lotes, contendo 24 trechos, estão em fase final de licitação. Segundo o secretário de Infraestrutura, Gustavo Coelho, os serviços das estradas do primeiro lote serão iniciados em três frentes: De Mossoró a Baraúna; de Mossoró a Governador Dix-sept Rosado; e de Pau dos Ferros a São Miguel. Gustavo lembrou que a maioria das rodovias estaduais tem “estrutura fadigada” porque há muito tempo não passavam por manutenção adequada.

Se as condições permitem, se o dinheiro existe e é o que vai ser determinante para a satisfação da população, estas obras nas rodovias não podem ser lentas ou haver interrupções. Outros Governos que passaram não fizeram, por isso, é preciso reconhecer o esforço da Governadora para resolver esta problemática.

A população precisa, a partir de agora, ficar atenta e acompanhar de perto essas obras e o calendário de execução. Além disso, não podemos mais aceitar que com as estradas recuperadas, não haja a sequência de manutenção adequada. É preciso estabelecer recursos e leis (se é que já não existem) que possam reforças a constância na melhoria das estradas do RN. Justamente para não se repetir este sofrimento de tantos anos sem recuperação das estradas.

Fátima Bezerra poderá fazer história se conseguir recuperar nossas rodovias, da forma como tem planejado, e torcemos por isso, afinal, todos nós ganhamos.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS