26.2 C
Mossoró
terça-feira, 28 de maio, 2024
Por Vonúvio Praxedes
terça-feira; 28 maio - 2024

Governo do RN fala em ‘agilizar os pagamentos’, mas greve de terceirizados da JMT continua em Mossoró

A JMT em Mossoró atua nos hospitais Tarcísio Maia, Rafael Fernandes e Hospital da Mulher e tem em torno de 170 funcionários contratados

PUBLICIDADEspot_img

Iniciada na sexta-feira (14/07), continua por tempo indeterminado a greve dos servidores terceirizados da JMT Service que atuam em três hospitais estaduais de Mossoró. Os trabalhadores cobram o pagamento dos salários até o quinto útil em cumprimento a lei. Ainda não receberam os valores referentes a junho.

Em contato com Adjakson Carvalho, um dos organizadores do movimento e representante sindical, nos foi confirmada a manutenção de 30% dos trabalhadores em respeito a lei de greve.

Os setores que a JMT ocupa nos hospitais regionais do estado são: maqueiros, higienização, nutrição, cozinha, lavanderia e manutenção.

“A insatisfação aqui é imensa por parte dos servidores que estão todos em situações difíceis”, disse Adjakson ao Diário Político.

A JMT em Mossoró atua nos hospitais Tarcísio Maia, Rafael Fernandes e Hospital da Mulher tem algo em torno de 170 funcionários cadastrados.

Outro lado

Entramos em contato com a assessoria da Secretaria de Estado da Saúde Pública em busca de informações sobre repasses à JMT e a resposta é a seguinte:

“A respeito da JMT, a última pendência relativa ao contrato indenizatório foi paga na sexta-feira. Já sobre o contrato emergencial vigente, a Sesap está processando a fatura de maio, que foi a última a ser apresentada pela empresa. A secretaria segue dialogando com a empresa para dirimir a situação e agilizar os pagamentos”.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS