30 C
Mossoró
quinta-feira, 18 de julho, 2024
Por Vonúvio Praxedes
quinta-feira; 18 julho - 2024

TN/Consult: Carlos Eduardo lidera para Prefeitura do Natal; 53% desaprovam Fátima

Ex-prefeito do Natal lidera corrida eleitoral para 2024 e em seguida aparece a Deputada Federal Natália Bonavides

Via Tribuna do Norte

A sucessão municipal ocorrerá em 2024, mas se as eleições fossem hoje, Carlos Eduardo Alves teria a preferência dos eleitores para suceder o prefeito de Natal, Álvaro Dias (Republicanos), com 26,75% das intenções de votos, segundo pesquisa TRIBUNA DO NORTE/Instituto Consult. Em segundo lugar aparece a deputada federal Natália Bonavides (PT), com 17,0, seguida do senador Styvenson Valentim (Podemos), 12,0%.

Outros pré-candidatos apresentados aos eleitores foram o deputado federal Paulinho Freire (União Brasil), que é preferido de 7,50% dos natalenses, seguido do comunicador Bruno Giovanni (BG), 3,88%, mesmo índice do presidente estadual do PSB e ex-deputado federal Rafael Motta. 

Os vereadores Robério Paulino (PSOL) e Kleber Fernandes (PSDB) aparecem com 0,63% e 0,50%, respectivamente. Já os eleitores que disseram não votar em nenhum desses candidatos são 9,50% e não souberam dizer – 18,38%.

Na hipótese de surgirem apenas os seguintes pré-candidatos a prefeito de Natal – Carlos Eduardo, Natália Bonavides, Paulinho Freire e Rafael Motta, o resultado  da pesquisa continuou apontando o ex-prefeito Carlos Eduardo na liderança, com 31,38%, seguido da parlamentar petista, com 18,38% e Paulinho Freire, 10,25%. Motta aparece com 6,50%. Os eleitores que não votariam em nenhum deles são 13,63% e não souberam dizer, 19,88%.

Quando se reduz a três o número de pré-candidatos, o resultado foi o seguinte: Carlos Eduardo, 33,88%; Natália Bonavides, 19,63% e Paulinho Freire, 11,38%. Não votam em nenhum, 15,0% e não sabem dizer, 20,13%.

A pesquisa também perguntou em qual pré-candidato votaria para prefeito de Natal, com a retirada do nome de Carlos Eduardo. O resultado foi o seguinte – Natália Bonavides, 21,38%; Paulinho Freire, 20,25% e Rafael Motta, 10,75%. Em nenhum desses, 20,25% e não sabe dizer, 27,38%.

No quesito rejeição, a maioria dos eleitores respondeu que não votaria de maneira nenhuma em Natália Bonavides (23,3%) e em Styvenson Valentim (21,8%). Depois aparece Carlos Eduardo, 15,6%; Rafael Motta, 9,4%; Paulinho Freire, 8,4%; Bruno Giovanni, 6,8%; Robério Paulino, 6,4% e Kleber Fernandes, 4,9%. Em nenhum, 5,3% e não superam responder, 24,4% e todos, 8,3%.

A pesquisa TRIBUNA DO NORTE/Consult ouviu 800 eleitores entre os dias 8 e 11 de março, com resultados sujeitos a um erro máximo permissível de 3,4%, com confiabilidade de 95%.

Álvaro Dias tem aprovação de 51,7%

A pesquisa TRIBUNA DO NORTE/Instituto Consult também quis saber dos eleitores de Natal, a avaliação a respeito da maneira de governar dos gestores municipal, estadual e federal. Segundo a pesquisa, a administração do prefeito Álvaro Dias (Republicanos) é aprovada por 51,7% dos natalenses. Os que desaprovam são 31,0% e não souberam dizer, 17,25%. O maior índice de aprovação da gestão de Dias é na Zona Leste, 66,4%, o menor na Zona Sul, 46,7%. Na Zona Norte, o índice foi de 50,9% e na Zona Oeste, 49,7%.

GOVERNO

Com relação a administração da governadora Fátima Bezerra (PT), os natalenses responderam que 36,25% aprovam e 53,13% desaprovam. Não sabem dizer, 10,63.

Os que desaprovam são 33,3% na Zona Sul; 31,3% na Zona Norte e 31,1% na Zona Oeste e 26,2% na Zona Leste. 

O melhor desempenho da governadora do Estado foi na Zona Sul, onde 39,4% dos eleitores aprovam a sua maneira de administrar, depois vem a Zona Norte, 37,5%; Zona Leste, 35,5% e Zona Oeste, 31,6%.

Entre os eleitores que desaprovam a gestão da governadora, o resultado foi o seguinte: Zona Leste, 56,1%; Zona Norte, 54,7%; Zona Oeste, 52,3% e Zona Sul, 49,4%.

LULA

A pesquisa ainda indagou os eleitores sobre as posições tomadas pelo presidente Lula para governar o Brasil até agora. Os que aprovam são 44,88% e desaprovam, 36,88%. Não sabem dizer, 18,25%.

Por região, o desempenho de Lula foi este entre os que aprovam: Zona Norte, 41,9%; Zona Sul, 47,8%; Zona Leste, 45,8% e Zona Oeste, 46,6%.

Entre os que desaprovam: Zona Norte, 39,1%; Zona Sul, 37,2%; Zona Leste, 40,2% e Zona Oeste, 31,1%.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS