22 C
Mossoró
domingo, 26 de junho, 2022
Por Vonúvio Praxedes

Hospital da Polícia em Mossoró retoma atendimentos com rede integrada ao SUS

Anúncio foi feito pela governadora Fátima Bezerra na manhã do sábado (4)

domingo; 26 junho - 2022

Depois de 8 anos fechado, o Hospital Regional da Polícia Militar em Mossoró retoma atendimentos com formalização da integração à rede do Sistema Único de Saúde (SUS) na região do Alto Oeste. O anúncio foi feito pela governadora Fátima Bezerra na manhã do sábado passado, dia 4 de junho, durante visita às instalações da unidade hospitalar, acompanhada do secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, e do diretor, o tenente-coronel Inavan Lopes.

“Avançamos historicamente no SUS da região do Alto Oeste com o retorno desse equipamento de saúde tão importante para a sociedade civil e também para a corporação militar”, afirmou a chefe do poder executivo estadual.

O Hospital foi revitalizado em fevereiro desse ano para receber pacientes Covid no auge da onda da Ômicron. Agora, diante do arrefecimento da pandemia e com a estrutura reformada, a unidade hospitalar terá seu potencial aproveitado para uso das filas cirúrgicas, de UTI e clínicas, além de passar a integrar o Programa de Cirurgia Eletiva “Mais Cirurgias, mais Saúde”.

“A ideia é oportunizar o melhor atendimento à população que demanda serviço, contribuindo para desafogar a pressão da região, contribuir para diminuir filas e tempo de espera e aliviar o sofrimento das pessoas”, explicou o secretário Cipriano Maia.

Serão 10 leitos de UTI, 10 leitos clínicos custeados em conjunto pelo estado e município de Mossoró e mais 10 exclusivos do Programa de Cirurgia Eletiva, custeados só pelo estado, atendendo demandas históricas de cirurgias gerais, ginecológicas e vasculares já que o hospital conta com 2 centros cirúrgicos.

O investimento foi feito durante o enfrentamento à pandemia, a partir de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre a Associação de Assistência e Proteção a Maternidade e a Infância de Mossoró – APAMIM, a Polícia Militar secretaria de Estado da Saúde e a secretaria municipal de Saúde de Mossoró.

A proposta da parceria é que os leitos permaneçam no Sistema Único de Saúde (SUS) para outras patologias na Região Oeste. O acordo foi feito pela Sesap junto ao município de Mossoró, tendo acompanhamento do Ministério Público Estadual.

Além disso, o diretor do Hospital Regional da Polícia Militar em Mossoró comemorou uma outra importante conquista para a corporação. “A partir da criação da polícia militar, a junta médica oficial da PM sempre funcionou em Natal, e agora a gente está ampliando e criando uma Junta Médica Militar aqui dentro do HPM”, pontuou Inavan Lopes.

Além dos já citados, acompanharam a governadora o secretário estadual de Comunicação, Daniel Cabral, a secretária adjunta do Gabinete Civil e Socorro Batista. Também compareceram o deputado estadual Francisco do PT e deputado federal Walter Alves.

Programa de Cirurgia Eletiva

A proposta do programa, além da retomada das cirurgias eletivas, é a expansão dos procedimentos para regiões onde a oferta não existia, visando realizar pelo menos mil procedimentos por mês até o fim do ano. Para isso, a Sesap intensificou as ações nos serviços próprios, estruturando com insumos e equipes para utilizar os espaços que receberam equipamentos pelo Governo Cidadão e de emendas. A primeira etapa do programa está orçada em R$ 6,1 milhões.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

PUBLICIDADE

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS