21.9 C
Mossoró
terça-feira, 18 de junho, 2024
Por Vonúvio Praxedes
terça-feira; 18 junho - 2024

Governadora Fátima vive momento positivo no RN, mas continua emparedada

As conquistados dos últimos dias precisam ser comemoradas; aspecto financeiro do Estado continua sendo desafiador

PUBLICIDADEspot_img

É perceptível aos olhos mais atentos uma nova dinâmica administrativa da Governadora Fátima Bezerra (PT) neste segundo mandato. No processo eleitoral de 2022 o mote da campanha era de que “O melhor vai começar”, mas no primeiro ano, depois da reeleição, ainda deixou a desejar pela lentidão para resolver as cobranças da população. Cada coisa no seu tempo, mas sabemos que no serviço público a vagarosidade nas soluções é praxe.

Recentemente começou a tão aguardada recuperação de várias rodovias estaduais. Uma demanda tão criticada que virou até mesmo motivo de chacota nas cobranças à Governadora. A RN-117 sentido Mossoró – Governador Dix-sept Rosado e a RN-015 sentido Baraúna iniciaram as obras com prazos de até seis meses para conclusão.

De acordo com a governadora Fátima Bezerra, o programa irá contemplar quase 800 quilômetros nos sete distritos rodoviários do Estado, num investimento de R$ 428 milhões, financiado por recursos da primeira parcela do empréstimo no âmbito do Plano de Promoção do Equilíbrio (PEF).

Na saúde, ao assinar um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público destravou a reforma e ampliação do Hospital Regional Tarcísio Maia. Serão convocados mais de 230 novos profissionais e contratados diversos médicos e especialistas, por meio de prestação de serviço de plantão, para atuar nos hospitais da Mulher Parteira Maria Correia e da Polícia Militar.

A governadora Fátima Bezerra inaugurou na segunda-feira (20), a primeira das 12 unidades do Instituto Estadual de Educação Profissional, Tecnologia e Inovação (IERN), e integra o Programa Nova Escola Potiguar (PNEP) e vem se somar a outras iniciativas para elevar a qualidade do ensino médio do RN, como a ampliação das matrículas em escolas de tempo integral.

Outras escolas, atualmente em fase de conclusão, vão entrar em funcionamento em breve. São elas as de Campo Grande, no Médio Oeste; Jardim de Piranhas, no Seridó Ocidental; e Alexandria, na microrregião de Pau dos Ferros.

Nesta semana, a governadora Fátima fez a entrega de 75 novas viaturas caminhonetes 4×4 à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros Militar. A renovação da frota atingiu 100% desde que começou a Governar o RN. Em seis anos foram nove concursos na área de segurança e ainda este ano o estado deve alcançar a marca de 4,6 mil novos agentes de segurança. 

Estes são apenas alguns pontos positivos conquistados pela Governadora nos últimos dias, mas que outros tantos ainda precisam de solução e avanços.

Quando não conseguiu articulação política necessária para aprovar a manutenção da cobrança do ICMS em 20% no final do ano passado, a gestão acendeu uma luz de alerta que pode a qualquer momento a explodir no quesito financeiro.

Ao negociar com servidores reajustes e recomposições salariais a partir de 2025, mais um gatilho foi acionado e será cobrado, justamente porque vinculou a efetivação dos acordos com a arrecadação.

A estratégia adotada pela gestão estadual para promover o crescimento da arrecadação é buscar receitas extraordinárias. De acordo com Carlos Eduardo Xavier, secretário da Fazenda, o maior objetivo é fechar o ano com as obrigações do estado cumpridas, já que as despesas têm um comportamento de crescimento natural, seja pela inflação, seja pelo crescimento vegetativo do gasto com servidores.

É possível observar que a oposição é sempre mais combativa quando existem interesses eleitorais. A visualização do pleito de 2026 faz com que o foco das críticas permaneçam sempre apontadas para a Governadora que por vezes ela (e o secretariado), não sabe se sair dos apontamentos e ataques. Fátima precisa andar mais pelo interior do Estado para divulgar as ações e ouvir as cobranças.

É inegável que a ligação com o Governo Lula fez a diferença para Fátima. Mesmo sem as vezes saber surfar esta onda positiva, a Governadora vive um dos melhores momentos. Constantemente emparedada a gestora sabe que permanece a beira do penhasco sempre desafiador que são as contas públicas.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS