26 C
Mossoró
terça-feira, 28 de maio, 2024
Por Vonúvio Praxedes
terça-feira; 28 maio - 2024

Fátima Bezerra não vai ao debate da Tribuna do Norte e tem explicação

A Governadora deveria comparecer a todos os debates e provar que é a melhor candidata, assim como os demais que vão participar precisam provar que serão melhores gestores que ela

PUBLICIDADEspot_img

Existe alguma explicação para a ausência de Fátima Bezerra (PT) no debate desta segunda-feira? Sim, duas.

Oficialmente e extraoficialmente.

Segundo nota oficial encaminhada pela assessoria de comunicação da candidata a reeleição, a coordenação de campanha “decidiu priorizar o contato direto da candidata com a população em todas as regiões do Estado, assim como encontros presenciais com lideranças políticas, empresariais, entidades representativas dos trabalhadores e dos mais diversos setores da sociedade”. E mais: “Lembramos que o tempo de campanha é exíguo, de apenas 45 dias, e que a governadora permanece no exercício do cargo à frente do executivo estadual, diminuindo ainda mais sua disponibilidade”, diz trecho da nota explicando a não participação no debate.

Por outro lado, extraoficialmente, é sabido que a participação de Fátima geraria conteúdo negativo à sua campanha e favorável aos adversários. Fato que se comprova pelo primeiro debate realizado pela Band RN em 7 de agosto. Lembrando que estas manobras são normais em qualquer campanha eleitoral.

É bem verdade que por estar na cadeira de Governadora a sua presença teria muito mais críticas que oportunidade de prestação de contas ou detalhamento de suas propostas para mais quatro anos de mandato. Pelo menos três adversários são duros e incisivos contra a gestão: Fábio Dantas (SD); Styvenson (Pode) e Clorisa Linhares (PMB).

Mesmo à frente nas pesquisas, existe o temor do desgaste. Situação que poderia lançar a campanha para o segundo turno. Qualquer escorregada levaria a um fato novo que movimentaria o pleito, mas repito: faz parte do jogo.

A Governadora deveria comparecer a todos os debates e provar que é a melhor candidata, assim como os demais que vão participar precisam provar que serão melhores gestores que ela.

A ausência de Fátima no debate de hoje e nos próximos é estratégia e cada vez mais frequente em ano eleitoral. Fugir de polêmicas geradas pelos embates e a possibilidade da criação de conteúdo para adversários é a meta.

Isso é bom para os eleitores? Não.

O debate desta segunda-feira (05) acontece entre 18h e 20h, no hotel Barreira Roxa e será transmitido integralmente em todos os veículos do Sistema: Rádio Jovem Pan News Natal (93,5 FM), Portal TN Online, canais do YouTube e redes sociais, além da cobertura na edição impressa da terça-feira (06).

Quem ainda está indeciso precisa ter a possibilidade de escolher seu voto conhecendo melhor as propostas dos candidatos e as reações destes quando provocados. O debate precisa servir para além do embate acirrado, mas a garantia de compromissos com as pautas colocadas.

A tendência é Fátima não participar mais de debates.

PUBLICIDADEspot_img

Deixe uma resposta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS