05 out 2021

Vereador de Mossoró alvo de operação policial é preso com arma de fogo

Via Fim da Linha

Edson Carlos do partido Cidadania – foto: Justiça Eleitoral

Uma operação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar, resultou na prisão de 11 pessoas nesta terça-feira (5/10).

A operação Rastilho foi deflagrada nas cidades de Mossoró, Caraúbas e Paraú e teve por objetivo combater o comércio ilegal de armas de fogo e munições na região Oeste potiguar.

Um dos alvos da operação foi o vereador de Mossoró Edson Carlos (Cidadania). Na casa dele foi cumprido um mandado de busca e apreensão. Uma arma de fogo não registrada foi apreendida na residência do edil.

Edson Carlos foi conduzido à Delegacia Regional e foi liberado mediante pagamento de R$1.500,00 de fiança.

Ao todo, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão. Além desses mandados, outras quatro pessoas foram presas em flagrante na ação. Um outro mandado de medida restritiva de direitos também foi cumprido.

Leia também: Vereador de Mossoró emite nota sobre arma encontrada em sua casa durante operação policial

Materiais apreendidos pela polícia – foto: cedida

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *