22 mar 2019

Trabalhadores se uniram em dia de luta contra a reforma da previdência em Mossoró

Trabalhadores em geral, líderes de centrais sindicais, estudantes e professores do município de Mossoró que estão em greve, participaram na manhã desta sexta-feira, 22/03, do dia nacional de luta contra a Reforma da Previdência, proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O movimento começou na base da Petrobrás por volta das 6h da manhã e após as 8h seguiu para a agência INSS localizada no bairro aeroporto. Depois de formada a concentração as pessoas saíram em caminhada até o centro comercial mossoroense.

Durante o caminho pelas principais ruas da cidade, uma das paradas foi na sede do poder legislativo mossoroense, onde além da temática previdenciária os professores em greve que agregaram o movimento, protestaram contra a postura de parte da Câmara de conceder título de persona non grata a Marleide Cunha, presidente do Sindiserpum. Um dos gritos dizia: “Pisa ligeiro, pisa ligeiro. Quem não pode com Marleide não assanha o formigueiro”.

Por onde a marcha passava ia paralisando o trânsito e chamando a atenção da população. O ponto final do protesto foi na Praça Rodolfo Fernandes, a praça do Pax. Márcio Oliveira, representante do sindicato dos trabalhadores do INSS falou sobre esse movimento: “Este é apenas o primeiro dia de luta. Vamos nos reunir novamente até que o governo Federal recue dessa proposta tão prejudicial aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil”.

Confira algumas fotos:

Credito das fotos: blog Diário Político

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *