23 nov 2018

Secretaria Estadual de administração penitenciária é criada para Governo de Fátima Bezerra

A assessoria de imprensa da governadora eleita Fátima Bezerra divulgou nesta sexta-feira 23/11, os nomes que vão atuar na área da segurança pública a partir do próximo ano. Dentro dos nomes anunciados para secretário de Estado da segurança ou comando geral da PM/RN, foi criada a secretaria de administração penitenciária que hoje funciona como subsecretaria dentro da SEJUC – Justiça e cidadania.

A frente da administração penitenciária permanece na função Luiz Mauro Albuquerque Araújo (atual secretário da SEJUC). Com vasta experiência conseguiu disciplinar o sistema prisional do RN.

# Coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social;

# Luís Mauro Albuquerque Araújo, secretário de Administração Penitenciária;

# Coronel Alarico José Pessoa Azevedo Júnior, Comandante Geral da Polícia Militar do RN;

# Ana Cláudia Saraiva Gomes, Delegada Geral de Polícia Civil.

Apenas não foi divulgado que ficará a frente da SEJUC que permanece com as atribuições relacionadas com o funcionamento das instituições e ordem jurídica.

QUEM É MAURO ALBUQUERQUE?

Luís Mauro Albuquerque Araújo, 50, começou a carreira na Polícia Militar, onde trabalhou entre 1987 e 1994. Passou em seguida aos quadros da Polícia Civil e posteriormente como agente da Polícia Civil de Custódia até 2015, quando assumiu a Diretoria Penitenciária de Operações Especiais do Distrito Federal. Atuou na elaboração da doutrina de intervenção penitenciária e procedimentos de segurança, que já foi adotada inclusive pelo Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN). Além de trabalhos internacionais, foi consultor das unidades das penitenciárias federais. Em 2016, foi para o Ceará, onde atuou na retomada de quatro unidades prisionais. Desde 2017, coordena a Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária em Alcaçuz.

“Quero continuar o trabalho sério que venho desempenhando e avançar na parte de ressocialização, onde um sistema controlado pelo Estado facilita bastante o cumprimento da lei de execuções penais. Espero continuar atendendo o povo do Rio Grande do Norte sob o comando da nova governadora. Posso garantir trabalho, trabalho e trabalho, tendo como pilar o agente penitenciário”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *