13 mar 2020

Professora denuncia morte de animais na UFERSA

A professora Débora Façanha da UFERSA, Universidade Federal Rural do semiárido, está denunciando de viva-voz a mortandade de ovinos e caprinos (foto acima) utilizados para pesquisas dentro da Universidade.

A problemática é registrada no núcleo de estudos e pesquisas em pequenos ruminantes, que abriga os animais do NUTESA (Núcleo de geração e transferência de tecnologia em produção animal do semiárido), vinculado ao centro de Ciências agrárias da UFERSA.

Até a manhã desta sexta-feira, 13/03, no total 11 animais morreram subitamente, segundo a docente, por algum tipo de infecção “dificílima de ser controlada por falta de manejo, por falta de cuidado. Negligência mesmo”, alerta a Professora.

A denúncia foi encaminhada para a administração da UFERSA que ainda trabalha na investigação desta problemática.

Pelo menos um animal está sendo necropsiados neste momento.

Esta reportagem ainda vai ser atualizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *