22 maio 2019

Falta de passarela na BR 304 causa mais um grave acidente em Mossoró

Via Passando na Hora/ Nilson Ferreira

Mais uma vez a história se repete em Mossoró no viaduto da saída para Natal. Mãe e filha foram atropeladas no começo da noite desta quarta-feira, 21/05, por um motociclista ao tentar atravessar a BR 304, mesmo no ponto onde o projeto inicial do tão badalado e famoso Complexo Viário dos Abolicões, e falado pelos políticos.

Acidente gravíssimo na BR 304 em Mossoró – Foto: Passando na Hora

Segundo informações mãe e filha tentavam atravessar a BR quando foram colhidas por um motoqueiro que não teve tempo de parar.

O motociclista sofreu várias escoriações de arrasto, acionou o socorro, ficou tempo todo no local, inclusive informou ao Patrulheiros da PRF que ele descia o viaduto sentido Natal, e não teve o que fazer. Do nada elas duas apareceram na frente. A escuridão é outro fator. Além de Passarelas a iluminação estava no projeto inicial. A mãe da menina foi socorrida por uma equipe ALFA do SAMU com Suporte Avançado, e a criança aparentemente 10 anos de idade por uma equipe BRAVO.

Estado de saúde das duas é considerado grave, as duas deram entrada no HRTM entubadas. Daqui a pouco traremos mais detalhes dessa fatalidade, não sei nem se podemos relatar se foi realmente fatalidade ou irresponsabilidade de quem executou o projeto pela metade.

Nota do Diário Político

Até quando a população vai sofrer acidentes graves por causa da lentidão da classe política em resolver essa situação perigosa e que tem matado várias pessoas? De promessas estamos cansados.

One thought on “Falta de passarela na BR 304 causa mais um grave acidente em Mossoró”

  1. Até hoje não entendo como fizeram uma obra dessa, e deixaram todo o percurso totalmente as escuras. Será que quem projetou essa obra, não incluiu a iluminação no projeto? Será que não ouve desvios do dinheiro que deveria ter sido investido na iluminação? Já que isso é praticamente de praxe, quando se trata de obras públicas. Já que se passou muito tempo, as autoridades de fiscalizações das aplicações do dinheiro público nessa obra, devem ter esquecido por completo suas obrigações. Ou até hoje teve alguma explicação para uma obra dessa, que passa por dentro da segunda maior cidade do estado não ter iluminação? Fica a pergunta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *