11 jun 2021

[Vídeo] A luz no apagão de empregos em Mossoró

Veja mais vídeos no nosso canal do YouTube, inscreva-se AQUI.

 

O brasileiro, o mossoroense ou qualquer pessoa comemora boas notícias, principalmente se estas falarem de geração de emprego. Nesta semana a prefeitura de Mossoró assinou protocolo de intenções para implementação do polo cloroquímico Koyo no município. O investimento inicial para o polo industrial é de 2,5 bilhões de dólares e geração de 2.500 empregos diretos e até 7 mil empregos indiretos. Esta informação vem num momento em que um dos maiores problemas do brasil é a falta de empregos.

De acordo com dados do IBGE, no primeiro trimestre deste ano 14 milhões e 800 mil pessoas estavam desempregadas no Brasil. São números baseados na Pnad contínua – pesquisa nacional por amostra de domicílios. O termo assinado pelo prefeito Allyson Bezerra (SD) no salão dos grandes atos, do Palácio da Resistência, diante de empresários, representantes de instituições comerciais da cidade e demais autoridades do município, nada mais é do que uma possibilidade de tirar Mossoró e região do apagão econômico deixado com a saída da Petrobras do Rio Grande do Norte.

Uma fala específica do momento desta assinatura do protocolo de intenções para a vinda da empresa para Mossoró foi do CEO da empresa Joaquim Franco sobre transformar a ideia em realidade, onde um dos maiores objetivos é exatamente mudar a situação que se encontra nosso país. Para o empresário esse projeto vem a somar a capacidade de desenvolvimento e crescimento da região nordeste, principalmente aproveitando aquilo que mais temos, que são nossas características locais.

Então, é algo tão grande partindo de nossa cidade que em se concretizando teremos de fato o que precisamos, melhoria da economia através do emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *