10 maio 2019

Universidades federais formam dependentes químicos, afirma presidente do PSL Mossoró

Via Blog Carol Ribeiro

O presidente do PSL Mossoró, Daniel Sampaio, está satisfeito, como professor, com o corte de verbas às universidades federais.

Foi o que disse em entrevista ao programa Cenário Político (TCM Telecom), da terça-feira (07/05). O defensor do presidente Jair Bolsonaro disse que “quase ia às lágrimas” quando visitou a UFRN, instituição da qual foi aluno. “O lugar que eu estudei estava todo pichado”.

Para ele, a “permissividade” que existe nas universidades federais é grave e tem que ter algum freio, “não só na limitação de recursos, mas também, por exemplo, com a polícia entrando nas universidades”.

“Eu como médico psiquiatra estou acompanhando os alunos que estão saindo das universidades federais, e acompanho jovens que entraram na universidade com sonhos e estão saindo com tatuagens, dependências químicas, principalmente em álcool e maconha, doenças mentais graves. Isso é um alerta aos pais: se minha filha fosse aprovada numa universidade federal, eu não deixaria ela cursar”, asseverou o médico.

Para ver a entrevista completa clique aqui AQUI.

3 thoughts on “Universidades federais formam dependentes químicos, afirma presidente do PSL Mossoró”

  1. Esse Dr psiquiatra deveria fazer uma consulta com ele mesmo. Está tentando justificar o absurdo dos cortes das universidades com esse argumento fajuto. E acha que com isso vai se projetar politicamente em Mossoró? Com essas brilhantes decisões do chefe dele direto de Brasilia, ele tem que se preparar e muito, para justificar essas decisões desastrosas e totalmente desprovidas de bom senso do seu chefe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *