05 dez 2018

Terceirizados da educação reivindicam salários atrasados

Nenhum ônibus do transporte escolar da zona rural saiu da garagem no centro administrativo da Prefeitura de Mossoró. Cerca de 20 motoristas cruzaram os braços por causa de 2 meses de salários atrasados. Representantes do SINTRO/RN, Sindicato dos Rodoviários vieram a Mossoró para dar sustentação ao movimento. “Estamos aguardando pagamentos no quinto dia útil do mês, caso isso não aconteça vamos organizar uma greve da categoria”, afirmou Arnaldo Dias, presidente do SINTRO.

Arnaldo Dias – SINTRO/RN (Foto: Diário Político)

Os motoristas querem uma audiência com a secretária de educação já que a empresa Conceito responsável pelos serviços terceirizados alega que não está recebendo da Prefeitura de Mossoró.

Merendeiras e ASGs também protestaram na manhã desta quarta-feira, 05/12, por causa de salários atrasados. Dona Aíla Maria estava desesperada: “Muitos tem medo de denunciar temendo demissão, mas eu não estou recebendo meu salário há 3 meses. Preciso pagar meu aluguel, luz, água e comprar alimento para meus filhos”.

Audiência Pública na Câmara

Vereadores tentaram emplacar uma audiência pública na câmara municipal, mas parlamentares Governistas impediram a sequência das discussões. Os debate sobre os atrasos de salários e responsabilidades tanto da Prefeitura de Mossoró, quanto das empresas ainda é tabu aqui na cidade.

One thought on “Terceirizados da educação reivindicam salários atrasados”

  1. É um verdadeiro desastre essa relação prefeitura e trabalhadores das empresas terceirizadas, li esta semana no Blogdobarreto que tem trabalhadores em empresas terceirizadas que não recebem seus salários desde de janeiro, isso mesmo desde de janeiro. Um verdadeiro massacre. E olhe que tem setores da prefeitura que se tirarem alguns terceirizados as repartições param literalmente. Ai fica a pergunta: Em nome deus, como fica a situação dessas famílias? Será que a prefeita Rosalba sabe o que é solidariedade a esses trabalhadores? Parece que não se tocou com o recado das urnas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *