08 maio 2020

Superintendência dos Correios no RN rebate Ministério da Cidadania

O Ministério da Cidadania afirmou que tenta fechar para a próxima semana uma parceria com os Correios para facilitar ainda mais o acesso ao auxílio emergencial, benefício criado pelo Governo Federal para garantir uma renda mínima aos brasileiros em situação mais vulnerável durante a pandemia da Covid-19 (novo coronavírus).

A ideia era de que esse cadastramento para receber o auxílio poderia ser feito também nas agências dos Correios. Esta informação foi publicada no portal de notícias do Governo Federal, leia AQUI.

Mas o Ministério da Cidadania esqueceu de combinar a medida, isso porque logo depois da divulgação dessa possibilidade, a superintendência dos Correios no RN emitiu uma nota afirmando não ser possível este tipo de parceria acontecer nas agências do Estado, simplesmente por não existir estrutura adequada.

Leia a nota emitida pelos Correios: “A respeito do anúncio feito pelo Ministério da Cidadania, os Correios informam que a atuação da empresa em apoio ao Auxílio Emergencial ainda demanda ajustes em procedimentos e questões técnicas, a serem realizados em conjunto com o ministério. Dessa forma, as agências dos Correios ainda não estão aptas a realizar qualquer serviço relacionado ao Auxílio Emergencial. Mais informações serão divulgadas oportunamente”.

Nota do Diário Político

É impressão minha ou o Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania tomou tomou uma decisão sem conhecer a real estrutura dos Correios? Parece que é como se a qualquer custo ou sem planejamento tivessem que falar alguma coisa para resolver problemas, neste caso em específico o auxílio emergencial. Não é assim que se resolve, apenas jogando para o platéia como proatividade quando na verdade não passa de despreparo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *