31 maio 2021

Qual indignação vai ganhar próximo ano?

As manifestações do sábado passado (29/05) deixaram muita gente indignada, tanto pelas aglomerações, quanto pela força política demonstrada por grupos anti-Bolsonaro.

O medo da Covid não é maior que a insatisfação da gestão do Presidente da República, é o que ficou evidente nos protestos.

A gestão da Pandemia pelo Governo Bolsonaro é o principal ponto questionado e atacado.

Na CPI Bolsonaro está perdendo, nas ruas idem.

“Se continuar assim vai perder até pro Ciro”, disse um apoiador do Presidente sentindo a pressão de sábado.

Nas mobilizações de apoio a Bolsonaro é clara a estratégia de tornar o bolsonarismo acima de todas as frentes políticas, mas agora não existe mais a hegemonia das ruas.

A polarização Bolsonaro X Lula marcada por pesquisas eleitorais publicadas até agora ganharam comparações visuais.

Quanto a pandemia… é assim nos dois lados: “Se for pra tirar Bolsonaro, tá valendo” e “Queremos intervenção militar” (?).

Não adianta nem buscar identificar o lado mais certo dos protestos. O melhor sempre vai ser o que você está inserido, mas agora quem está desgastado é o bolsonarismo com tendência a seguir fracassando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *