30 nov 2017

Pressionado pela GREVE diretor do DETRAN deve pedir exoneração.

A greve do DETRAN/RN é uma das que vingou no Estado desde dia 13 de novembro. Apesar dos servidores terem recuado num primeiro momento. Além da autarquia, professores da UERN e trabalhadores da saúde aderiram ao movimento paredista. 
Os que compõe o Departamento Estadual de Trânsito querem reajuste salarial congelado há vários anos. As demais categorias pedem pagamento em dia dos salários mensalmente. 
O diretor geral do DETRAN cansou de pedir paciência aos subordinados. Líderes sindicais afirmam que Júlio César se exaltava a cada vez tratava sobre greve no órgão.
Quem vier a assumir o posto que será deixado breve por Júlio, vai precisar primeiro ter paciência e fala mansa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *