31 out 2018

Presidente eleito confirma fusão de ministérios; medida recebe críticas e preocupa.

A junção de dois importantes ministérios no futuro Governo de Bolsonaro tem dado o que falar. Muitos fazem críticas a união dos ministérios de Agricultura e meio ambiente.

Em menos de 24h a petição on line apartidária contra a “fusão” das duas pastas reúne mais de 420 mil assinaturas. Muitas delas de eleitores de Bolsonaro.

Outros ministérios também serão acoplados ou novas funções. O astronauta Marcos Pontes foi confirmado no ministério da ciência e tecnologia que deverá assumir a administração do ensino superior no país.

Sobre a junção dos ministérios de Agricultura e meio ambiente a índia que foi candidata a vice na chapa de Guilherme Boulos (PSOL) fez uma declaração contra a medida. Sônia Guajajara colocou no twitter:

2 thoughts on “Presidente eleito confirma fusão de ministérios; medida recebe críticas e preocupa.”

  1. GOVERNO CORTA UM BENEFÍCIO A CADA DUAS PERÍCIAS.
    “A cada duas pessoas que passaram por perícia no pente-fino do INSS, uma teve o benefício por incapacidade cancelado, informou ao G1 o Ministério do Desenvolvimento Social.
    O pente-fino do INSS começou em 2016 com as perícias nos auxílios-doença e nas aposentadoria por invalidez.”
    Fonte: G1
    Quando o governo acordar e realizar perícia em todos os portadores de doença grave e incurável a arrecadação de tributos crescerá astronomicamente.
    Estes portadores de doença grave e incurável são isentos do pagamento do Imposto de Renda e de todos os outros impostos.
    Um pente-fino precisa ser realizado em todos os beneficiados por esta lei.
    Poderiam começar o pente-fino pelo portadores de doença grave e incurável que já foram condenados por prática de corrupção. Até porque, se praticaram corrupção…
    Bolsonaro, por que não aumentar em BILHÕES de reais a arrecadação de impostos?
    Medo de mexer com gente fina eu sei que você não tem.
    ///
    NADA MAIS TRISTE E DIGNO DE PENA DO QUE A DECADÊNCIA DE UM CORRUPTO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *