18 out 2021

Presidente Bolsonaro vai saudar apoiadores em Mossoró

Na sexta-feira passada (15/10) este Diário Político antecipou a notícia da passagem do Presidente Bolsonaro por Mossoró VER AQUI para cumprir agenda administrativa em Russas no Ceará nesta quarta-feira (20/10). O avião pousará por volta das 8h30 da manhã e a comitiva segue de helicóptero para a cidade cearense distante 89 quilômetros de Mossoró.

Antes deste deslocamento Bolsonaro vai falar com apoiadores na frente do aeroporto Dix-Sept Rosado. A logística da segurança está traçada e a proximidade do Presidente com a população é tida como certa. Comitivas de várias cidades do Rio Grande do Norte estão sendo organizadas para marcar presença no aeroporto para saudar o chefe do executivo Federal que passa por terras mossoroenses pela terceira vez neste ano.

A presença de Bolsonaro no nordeste faz parte de uma série de visitas da agenda positiva denominada “Jornada das Águas” que vai percorrer vários estados durante dez dias.

Agenda começa nesta segunda-feira, 18

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), começa, nesta segunda-feira (18/10), em São Roque de Minas (MG), a Jornada das Águas – evento que vai partir da nascente histórica do Rio São Francisco, no norte de Minas Gerais, e percorrer os nove estados do Nordeste com anúncios e entregas de obras de infraestrutura, preservação e recuperação de nascentes e cursos d’água, saneamento, irrigação, apoio ao setor produtivo e aos municípios, além de mudanças normativas que vão revolucionar a maneira como o brasileiro se relaciona com a água.

Durante os próximos dez dias, serão realizados anúncios, entregas e liberações de recursos em dez estados. Nesse período, será promovida uma série de iniciativas que tem como essência quatro eixos: de infraestrutura, com entregas, inaugurações e anúncios de obras que levarão água aos moradores das regiões mais secas do país; de sustentabilidade, com ações de saneamento básico e de preservação, conservação e recuperação de bacias hidrográficas; de desenvolvimento econômico e social, com o apoio a organização de arranjos produtivos locais, promovendo geração de emprego e renda; e de melhoria da governança, com a modernização de toda a regulação do setor.

“Não existe desenvolvimento econômico sem água. A água é o principal insumo estratégico do Brasil. Ela está nos alimentos que exportamos, na energia, na indústria, na saúde… Sem ela não há vida. É por isso que o governo do presidente Jair Bolsonaro vem atuando para garantir que a água chegue às pessoas, mas também para que ela seja preservada e continue disponível para as próximas gerações”, explica o ministro Rogério Marinho.

Presidente Bolsonaro falando com apoiadores em Mossoró em 2020 – foto: internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *