07 jul 2021

Prefeitura inicia planejamento do Mossoró Cidade Junina 2022, “O maior de todos os tempos”, diz secretário

O planejamento para realização do Mossoró Cidade Junina 2022 foi iniciado pela Prefeitura de Mossoró. Na terça-feira (6/07), o Conselho Municipal de Turismo realizou uma reunião com entidades e instituições que participarão do planejamento juntamente com as secretarias municipais de Cultura (SMC) e Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SEDAT). Os grupos de trabalho criados farão diagnósticos para ouvir os segmentos diretamente envolvidos no evento para definir estratégias e oportunidades de negócios. A previsão é que até novembro todo planejamento seja concluído para realização da edição de 25 anos do MCJ.

Levantamentos

Foram criados três grupos de trabalho que farão levantamentos e diagnósticos. O primeiro grupo de trabalho abordará Negócios para o Mossoró Cidade Junina 2022. O objetivo é ouvir os segmentos diretamente envolvidos no MCJ para definir quais opções e oportunidades de negócios devem ser promovidas no evento. Serão ouvidos artistas, artesãos, empresas de transporte, hotelaria e do ramo de alimentação. O secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do Conselho Municipal de Turismo, Franklin Filgueira, explicou que essa estratégia é para ouvir os segmentos e captar sugestões para o planejamento que começa neste mês.

“Ano que vem nós vamos ter o maior Mossoró Cidade Junina de todos os tempos. Serão 25 anos desse evento e a gente espera fazer um evento que entre para história. A ideia é de se fazer de segunda a segunda. A ideia termos um mês de movimentando a cidade. O Mossoró Cidade Junina basicamente é um evento cultural, mas nós do setor do turismo precisamos verificar como aproveitar esse evento para os negócios a partir do turismo com hotéis, transportes, ambulantes e outros. O objetivo desse grupo de trabalho seria levantar os segmentos quais são as percepções, as oportunidades que os segmentos veem no Mossoró Cidade Junina presencial. Além de ser um evento cultural, o Cidade Junina é uma oportunidade para negócios do turismo”, destacou Franklin Filgueira.

Sugestões

O grupo que fará o levantamento reunirá as sugestões de negócios para o Mossoró Cidade Junina em um relatório para desenvolvimento do MCJ. Outros dois grupos de trabalho também foram criados. Um deles verificará relação de Mossoró com o Polo Costa Branca, definindo os interesses do município, articulação e integração, considerando a posição estratégica da cidade. Já o terceiro grupo tratará do planejamento estratégico do setor de turismo para definição das metas e ações para próximos cinco anos. A previsão é que todo o planejamento para o Mossoró Cidade Junina seja concluído até novembro.

“Essa reunião é articulada pelo Conselho Municipal de Turismo cujo objetivo é criar grupos de trabalho para pensar o Mossoró Cidade Junina 2022. Aqui está constituído o grupo de trabalho para que gente possa pensar o planejamento para o Cidade Junina, tomando como referência os fazedores de arte e cultura que estão articulados com cadeia produtiva de turismo e de cultura. Estamos com o grupo constituído, UERN, município de Mossoró, SEBRAE para que a gente possa pensar a pauta do Cidade Junina 2022. Esse é um grupo de trabalho para pensar o planejamento estratégico a partir do diagnóstico, tomando como referência a cadeia produtiva de turismo e cultura de Mossoró”, ressaltou o secretário de Cultura Etevaldo Almeida.

Participaram da reunião Benjamim Garcia e Juliana Souza, representantes do SENAC; Oberi Penha, representando a Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM); Ralph Juliano, do SEBRAE; professora Raimunda Maria, da UERN; servidora da SEDAT Meire Duarte e o servidor da SMC Jocelito Barbosa.

Grupo iniciou planejamento do MCJ 2022 – foto: Allan Phablo/PMM

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *