23 abr 2021

Pesquisa TCM/TS2: insegurança, desemprego e pandemia, confira os problemas dos mossoroenses

Na pesquisa TCM Telecom/TS2 divulgada nessa quinta-feira (22/04), em parceria com a CDL Mossoró, além da avaliação dos Governos do município, Estado e administração Federal VER AQUI, foram levantadas as principais problemáticas enfrentadas pelos mossoroenses.

Confira a edição do TCM Pesquisa na íntegra através do TCM Play

Neste quesito os entrevistados responderam que entre as três primeiras demandas reclamadas aparece: insegurança, com 55,48% das respostas, seguido de desemprego e pandemia, 47,17% e 46,81% respectivamente como problemas enfrentados pela população.

Quando a pergunta é feita na zona rural de Mossoró, insegurança continua sendo a principal demanda com 61,69%, seguido de saúde 50,75% e abastecimento de água com 49,25%.

Bairros

Cada bairro possui demandas que se sobressaem entre outras, como é o caso do Sumaré. Por lá a grande preocupação dos moradores, além das principais, é com calçamento com 45,83% das respostas. Nos Abolições é com a Pandemia, que aparece com 72,50%. No bairro Paredões, o desemprego aparece como principal problema para 92% dos entrevistados. Já quando a pergunta chega nos moradores do Bom Jesus e Itapetinga a reclamação principal é educação com 60% das respostas.

Pesquisa

A pesquisa foi realizada pelo Instituto TS2 e conta com margem de erro de 3,4 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistados 831 eleitores de Mossoró.

A pesquisa foi realizada nos dias 19, 20 e 21 de abril; A pesquisa foi encomendada pelo Sistema Oeste de Comunicação, em parceria com a CDL Mossoró. O nível de confiança utilizado é de 95%.

Veja cartela com os números e logo abaixo nota do Diário Político:

Pesquisa TCM/TS2 divulgada em 22 de abril – imagem: divulgação TCM

Nota do Diário Político

E como resolver a insegurança, desemprego e melhorar as ações de combate a pandemia? Em meio a tantas incertezas do povo é preciso além da cobrança por parte das administrações do município, estado e governo federal, a união destes entes em busca das soluções. Saber observar o atual cenário, buscar as soluções, tanto é vantagem para a população quanto politicamente aos governantes. Os problemas existem, a pesquisa dá uma sustentação científica, mas é preciso ações efetivas para as problemáticas. Ver esses números e não buscar as respostas é flertar com a incompetência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *