01 ago 2019

“Pensei que ia morrer”, diz cabeleireiro que teve casa assaltada

Era noite de 18 de julho, por volta das 19h30. Johny Cabelos, como é conhecido profissionalmente, estava regando as plantas quando dois homens pularam muro de sua casa, situada na rua Zacarias Gomes de Lima no bairro Nova Betânia. “Senti o cano da arma na minha cabeça e logo pensei que ia morrer”, relatou.

Os bandidos trancaram Johny no banheiro e começaram a vasculhar toda a casa em busca de objetos de valor. “Levaram meu carro e duas televisões de 32 polegadas, mas graças a Deus estou vivo”.

Apesar de ter informado a polícia civil ainda na noite do ocorrido, o pouco efetivo de agentes e de policiais militares em Mossoró impediu uma investigação mais aprofundada do caso. Depois de quinze dias da ação dos bandidos nada foi recuperado. “Levaram meu carrinho que visitava minha mãe e fazia meus passeios. O seguro tinha se vencido há dois meses”, lamenta.

Quem tiver informações sobre este veículo um Vectra Hatch GT cor preta 4 portas ano 2011 placa NOF 0737 deve informar as autoridades pelo disque denúncia 181 ou 190.

Vectra Hatch semelhante ao roubado da casa de Johny Cabelos – Imagem ilustrativa da internet

Nota do Diário Político

Infelizmente isso que Johny viveu se repete praticamente todos os dias Mossoró. É o trabalhar que busca sempre algo melhor e perde seus bens para a bandidagem que segue impune. Ficamos indignados com a insegurança vivida por todos nós. Por isso o Governo do Estado precisa fazer concurso para polícia cívil e colocar na rua os PMs concursados o mais rápido possível. Vamos torcer que o carro de Johny apareça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *