12 ago 2021

O eleitor de Bolsonaro e o preço do gás de cozinha

Esses dias um vendedor de gás em Mossoró me disse que foi perguntado por certo eleitor de Bolsonaro sobre o preço do botijão que atualmente quase bate a casa dos 100 reais. Mais do que depressa e assustado o homem reclamou do alto valor a pagar. O comerciante retrucou: – em outra época – sem dizer qual – era bem mais barato!

Sem resposta imediata, olhando para seu casco de botijão vazio o comprador falou – obviamente – que a culpa era de Lula… “mas quem está na Presidência é Bolsonaro”, lembrou o vendedor. “E digo mais: se quiser apostar nas eleições do próximo ano, eu digo que Bolsonaro não ganha”, provocou.

O homem frangiu a testa, coçou o cavanhaque e resmungou levando o gás mais do que depressa. O comerciante nem se preocupou em perder o cliente por causa do preço do gás e da conversa política. “Mesmo defendendo Bolsonaro ele comprou caro e fiado. É o chamado liso e iludido”, contou-me rindo.

foto: Pedro Ventura/Agência Brasília/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *