27 out 2021

Mossoró tem sexto mês consecutivo de saldo positivo e crescimento na geração de empregos

Mossoró registrou no mês de setembro saldo positivo na geração de empregos, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgados nessa terça-feira (26/10). O crescimento de criação de postos de trabalho da capital do Oeste potiguar foi de 22,6%. Esse foi sexto mês consecutivo que Mossoró registra saldo positivo em 2021. Foram 1.205 empregos gerados em Mossoró, o que equivale a 19,1% do total do Rio Grande do Norte (6.302 empregos).

No terceiro trimestre do ano (meses de julho, agosto e setembro) o saldo de geração de empregos permaneceu acima dos 22% em Mossoró. A taxa mensal ficou acima da registrada em Natal e da média de todo o Rio Grande do Norte. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo (SEDINT) ressalta a importância do saldo positivo no fomento de novos postos de trabalho.

“Mossoró gerou quase 19,1% dos empregos gerados em todo o RN, de forma que para cada cinco empregos gerados no estado no mês setembro, um deles foi em Mossoró. A velocidade com que os mossoroenses se empregam em Mossoró é mais que o dobro da média de todo o RN”, destacou o secretário da SEDINT, Franklin Filgueira.

O saldo positivo de Mossoró quando dividido por grupo de atividade econômica teve maior desempenho em setembro no segmento de serviços (426 empregos), seguido de agropecuária (323 empregos), construção (274 empregos), indústria (118 empregos) e comércio (64 empregos). Do total de trabalhadores contratados em setembro que permaneceram empregados a maioria é do sexo masculino (744 pessoas). Os outros 461 empregos foram ocupados por mulheres no mês passado.

“O Painel de Empregos da Prefeitura de Mossoró, operado pela área de Empregabilidade da SEDIT, tem sido forte aliado do trabalhador na busca de oportunidades com a universalização das vagas abertas na cidade, contribuindo também para a melhor qualidade das contratações pelas empresas, o que contribui para a redução do turnover (taxa de rotatividade dos funcionários) e, portanto, para a manutenção dos empregos. O novo ambiente de negócios implementado pela prefeitura, integrado com o setor produtivo, classe trabalhadora, sistema financeiro e empreendedores, tem sido importante para o bom desempenho do emprego na cidade”, avaliou o secretário.

O cálculo do novo Caged é feito com base na pesquisa realizada mensalmente com os empregadores, mas considera também outras fontes como o sistema de dados do eSocial e do empregadorWeb (sistema que registra os pedidos de seguro-desemprego).

Evolução do Saldo da Geração de Empregos de Mossoró

Abril: 353 empregos
Maio: 873 empregos
Junho: 1.193 empregos
Julho: 676 empregos
Agosto: 1.003 empregos
Setembro: 1.205 empregos

Sevretário Franklin Filgueira – Foto: Wilson Moreno (Secom/PMM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *