10 out 2019

Manobra na justiça impede participação de chapa opositora na eleição do Sindicato dos Bancários

Nesta quinta-feira, 10/10, das 8h da manhã até às 17 horas, o SINTEC – Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região – realiza eleição escolha da nova Diretoria. O pleito tem 510 eleitores aptos espalhados por 15 municípios. Até ontem (09/10) – um dia antes do processo eleitoral – duas chapas disputariam o pleito, mas uma manobra na justiça (TRT21) fez com que apenas a chapa 1 pudesse receber os votos dos bancários.

A Chapa 1 é encabeçada pelo atual presidente Assis Neto a única que se manteve na disputa. A Chapa 2 era encabeçada por Ciro Leite. A chapa de oposição só conseguiu registro por força judicial e perdeu a quebra de braço não podendo disputar os votos por conta de manobra impetrada pela chapa 1.

A chapa 2 publicou um manifesto (VER ABAIXO) pedindo para que a categoria se abstenha de votar e com isso prejudicar a eleição e quem sabe anular esse processo conforme regimento. Intitulada “Sindicato é pra lutar”, afirma por meio de nota que “prezou pela pluralidade de ideias e fortalecimento do debate junto a categoria, promovendo um movimento de anseio por renovação que não pode ser desprezado ou desmobilizado neste momento”.

Nota do Diário Político

Todo processo democrático precisa de ideias e pensamentos contrários. Não existe unicidade em qualquer que seja o sindicato, associação ou entidade representativa de trabalhadores. A manobra chapa 1 é prejudicial e não pode servir de exemplo para outras eleições sindicais, apesar de ter sido alegada sustentação regimental.

Imagem: reprodução chapa 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *