24 maio 2021

Mais de 2.500 pessoas não procuraram tomar D2 da Coronavac no fim de semana em Mossoró

Nesta segunda-feira (24/05) durante entrevista ao Jornal da Manhã da TCM10HD, Etevaldo Lima, coordenador de imunização em Mossoró destacou a ausência das pessoas nas UBSs no final de semana para D2 da Coronavac em atraso. Perguntado pela repórter Taysa Nunes sobre o balanço do sábado e domingo, Etevaldo respondeu:

“O município de Mossoró esperava nesse final de semana zerar esse essa questão do atraso dessas doses da Coronavac diante do quantitativo de dose que foi disponibilizado justamente para isso, mas infelizmente esse público em sua grande maioria não compareceu. Esperávamos mais de 4 mil pessoas e só foram vacinadas 1.474 com a Coronavac, ou seja, 2.556 pessoas não compareceram pra receber a vacina que está em atraso. Isso é preocupante”, relata Etevaldo.

No final de semana eram dez Unidades Básicas de Saúde, exclusivamente pra vacinação da Coronavac, mas pela baixa procura a concentração dessas D2 passa a partir desta segunda-feira (24/05) para o ginásio do SESI: “Essas doses, vieram aqui para o SESI para concentrar a vacinação deste imunobiológico, visto que durante o dia, abre-se os frascos e as pessoas não estão comparecendo as UBSs e nós ficamos com essas doses remanescentes muitas vezes até nove horas da noite, lá na secretaria, em busca desse público. Então, decidiu se concentrar aqui no SESI para tentar, no caso, atingir o maior número de pessoas em um único local”.

Etevaldo destaca ainda que com a chegada de mais vacinas a campanha de imunização irá avançar. Atualmente destinada a pessoas com comorbidades a partir dos 30 anos.

Sobre quanto tempo após a aplicação da segunda dose a pessoa adquire imunidade contra a Covid-19, Etevaldo respondeu que “segundo os informes técnicos em torno de quinze dias após a segunda dose a pessoa vai estar com sua resposta imune ideal, mas, mesmo assim, é necessário manter os cuidados: utilizar máscara, lavagem das mãos, obedecer o distanciamento social e evitar aglomerações. Infelizmente a gente tem observado que muitas pessoas não estão fazendo”, finalizou.

Etevaldo Lima, coordenador de imunização de Mossoró – foto: reprodução TCM Telecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *