16 dez 2019

Isolda é pré-candidata a Prefeita de Mossoró com a máquina Estadual na mão

Sábado, 14 de dezembro, no auditório do Hotel Vitória Palace, ocorreu a posse do diretório do PT Mossoró. O evento reuniu cerca de 500 pessoas de Mossoró e região. Na ocasião, a deputada estadual Isolda Dantas tomou posse como presidenta do PT Mossoró junto ao vereador Gilberto Diógenes como vice.

Estiveram presentes representantes do PL, Avante, PV, Rede, PCdoB, o senador Jean Paul Prates do PT, o deputado estadual Francisco do PT e a governadora Fátima Bezerra.

No seu discurso, Isolda, falou que: “Chegou a hora de virar a página da história da nossa cidade que merece sair das mãos das oligarquias e entrar na rota do desenvolvimento, do diálogo, do olhar voltado para o povo que mais precisa e o PT Mossoró está preparado e não fugira da luta”

A governadora Fátima Bezerra destacou o pagamento das 15 folhas dos servidores e afirmou “Teve gente que disse que nosso governo não ia dar certo. Mas já está dando certo”. Ao tocar no tema de 2020, a governadora foi enfática ao dizer: “Isolda, prepare o tênis que junto com a militância e os aliados você vai ser candidata à prefeita de Mossoró. E vai ganhar! E vai ser a melhor prefeita da história de Mossoró”.

Nota do Diário Político

Isolda dá um passo firme para a confirmação de sua candidatura. Ao lado da Governadora Fátima o discurso ganha mais peso em busca do apoio dos demais oposicionistas ao núcleo político de Rosalba Ciarlini (PP). Em Mossoró além da Deputada, Gutemberg Dias (PCdoB) já confirmou candidatura e Dr. Daniel Sampaio é possível pré-candidato, sem partido, por enquanto. Allyson (Solidariedade), apesar do tom de discurso mais firme com vistas ao pleito, ainda não bateu o martelo. É um dos personagens mais importantes nesse processo. Isolda carrega vantagens na corrida eleitoral por causa da máquina Estadual, isso diz muita coisa, mas um fator deve ser colocado em segundo plano: a paixão pelo PT e Lula. Tal posição já agrega quem agregado está e afasta alguns que enxergam nela uma candidata competitiva, experiente e são críticos do partido e seu maior líder. Não é questão de negar as origens ou enganar os eleitores. É preciso deixar claro que realmente existe algum tipo de “resiliência” partidária. Não acredito que Isolda vai unir a oposição de forma absoluta em Mossoró e é aí onde seu núcleo estrategista precisa agir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *