11 ago 2021

Dos oito Deputados Federais do RN, cinco votaram NÃO pelo ‘voto impresso e auditável’; veja nomes e opiniões

A Câmara dos Deputados rejeitou nessa terça-feira (10/08) a proposta que instituiria o voto impresso no Brasil. Com um resultado de 229 votos favoráveis à proposta e 218 contrários, o governo Bolsonaro não conseguiu atingir o número necessários de deputados para aprovar uma emenda à Constituição, que é de 308.

O resultado deve colocar um ponto final ao debate sobre a mudança no sistema eleitoral dentro do Congresso Nacional, após semanas de tensão causada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Dos oito deputados Federais do RN 3 votaram SIM à proposta: Benes Leocádio (Republicanos); Geneal Girão (PSL); Carla Dickson (Pros). Votaram NÃO 5 deputados, parte deles que até então votam com o Governismo, como é o caso de Beto Rosado (PP); João Maia (PL) e Walter Alves (MDB). Os dois deputados de oposição obviamente votaram NÃO: Natália Bonavides (PT) e Rafael Motta (PSD).

Apenas três parlamentares publicaram em suas redes sociais algo relacionado a votação dessa terça:

Rafael Motta: – Vitória da democracia! A Câmara dos Deputados acaba de derrotar a PEC do voto impresso. O Legislativo reforça a confiança no processo eleitoral brasileiro, pelo qual todos nós fomos eleitos, e reafirma que não se encolherá diante de qualquer arroubo autoritário.

Natália Bonavides: – Derrotamos o golpismo de Bolsonaro e seus aliados! A maioria da Câmara decidiu hoje enterrar a tentativa de Bolsonaro de atrapalhar as eleições! Só quem não tem voto ameaça com quartelada! #VotoImpressoNão

General Girão: – Negar o Voto Impresso Auditável, é negar a VERDADE. Os traidores da nação serão lembrados pelo povo. 2022 é logo ali.

Votos dos deputados Federais do RN sobre voto impresso – imagem: internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *