05 mar 2020

Diário Tech: entenda a diferença entre WI-FI e Wireless  

  Por Paulo Gomes

Nós usuários comuns da Internet (me coloco nesse contexto), navegadores diários da grande rede de comunicação, muitas vezes não sabemos de alguns conceitos básicos, como por exemplo: Wi-Fi. O que é isso? Basicamente esse é o padrão que foi definido para que as conexões de internet fossem possíveis por diferentes dispositivos, móveis e fixos. Isso mesmo, conexões de Internet “sem fio” nada além disso! Resumindo conecta seu dispositivo que pode ser, Smartphone, Computador Desktop, TV, seu Notebook, entre outros dispositivos capazes de se conectarem a internet!

A Wi-Fi geralmente apresenta alguns problemas. Ela depende da velocidade máxima que o roteador, o aparelho de transmissão do sinal pelo ar, suporta, ou seja, não adianta ter uma conexão alta e de qualidade e um roteador que não a suporta. Além disso, existe um limite de conexões que esses aparelhos suportam, o que deve ser levado sempre em consideração conforme a utilização da rede Wi-Fi, outro problema é que quanto mais longe do ponto de transmissão do sinal, mais fraco ele será e também a velocidade de conexão tende a ser menor.

Dica: Sempre que possível coloque o roteador (esse aparelho de transmissão do sinal de internet sem fio) em uma parte superior de sua casa, por exemplo, para que o sinal se espalhe e consiga alcançar uma maior área.

 

Wireless  

É uma palavra em inglês que traduzindo para português significa sem fio e representa toda a tecnologia que não utiliza cabos para funcionar.

Quando pensamos em uma conexão Wireless logo pensamos em internet Wi-fi, já adianto, eu também pensava dessa forma, como se uma fosse a mesma coisa que a outra ou como se a wi-fi fosse o único exemplo de uma conexão sem fio. Conexão Wireless, é conexão sem fios. Dessa forma, esse tipo de conexão aponta para toda conexão para a transmissão de dados e informações, entre dois ou mais pontos, que não faz o uso de fios para a transmissão de dados, ela pode ser de curta ou longa distância.

Por exemplo: a conexão do controle remoto e a televisão pelo infravermelho; entre a estação de rádio e seu aparelho em casa pelas ondas de rádio e das torres de telemóveis com os aparelhos; a radiação electromagnética similar a do rádio, enfim, são conexões sem fio, o Bluetooth que estabelece a interação e troca de dados entre aparelhos, a internet 3G, o mouse sem fio, as estações de rádio esses são apenas alguns exemplos de redes Wireless.

Gostou? Se tiver alguma dúvida sobre tecnologia, informática ou sugestão de assunto para nossa coluna “Diário Tech”, entre em contato comigo pelo e-mail: pgrcma@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *