08 abr 2019

Bolsonaro demite Ministro da educação; novo nome está confirmado

Via Folha de São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou nesta segunda-feira (8/04) um novo nome para o ministério da Educação. Abraham Weintraub entra no lugar de Ricardo VélezRodríguez.

Abraham Weintraub, novo ministro da Educação – Reprodução

Em edição extra do Diário Oficial da União desta segunda, Bolsonaro exonerou Vélez e nomeou Abraham Weintraub para o cargo, liberando-o do cargo que atualmente ocupa.

Inicialmente, Bolsonaro havia anunciado pelas redes sociais que Abraham possuía doutorado, mas corrigiu a informação em uma nova publicação. “Corrigindo: Abraham possui mestrado em Administração na área de Finanças pela FGV e MBA Executivo Internacional pelo OneMBA, com título reconhecido pelas escolas: FGV/Brasil, RSM/Holanda, UNC/Estados Unidos, CUHK/China e EGADE-ITESM/México”, escreveu o presidente.

No primeiro anúncio sobre a troca de comando no MEC, Bolsonaro agradeceu o antigo titular da pasta. “Aproveito para agradecer ao professor Vélez pelos serviços prestados”, escreveu no Twitter.

Economista e professor da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), Weintraub participou das conversas sobre a reforma da Previdência. No domingo (7), Weintraub esteve com Bolsonaro no Palácio do Alvorada. O nome de Weintraub, contudo, não estava entre os nomes cotados que circulavam nos bastidores.

A saída de Vélez era ensaiada havia algumas semanas por causa da crise permanente na pasta, expondo uma disputa entre militares e seguidores do escritor Olavo de Carvalho. Na sexta (5/04), Bolsonaro indicou a jornalistas que resolveria a questão nesta segunda.

Confira mais detalhes desta informação clicando AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *