20 ago 2019

Atendimentos nas UPAs: “Pacientes estão tendo que comprar alguns medicamentos”, denuncia vereador de Mossoró

O vereador mossoroense Raério Araújo (PRB) denunciou falta de medicamentos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e cobrou da Prefeitura de Mossoró reposição do estoque. “Pacientes estão tendo que comprar alguns medicamentos, mas muitos pacientes não têm condição para isso”, lamenta.

Ele apresentou o problema na sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (20), quando acrescentou haver ar condicionados parados na UPA do bairro Belo Horizonte, falta de pediatra e de segurança, o que favorece assaltos, como na semana passada, na UPA do bairro Santo Antônio.

“Enquanto isso, já se fala no Mossoró Cidade Junina de 2020, mesmo acabando de sair da Festa do Bode, já se aproximando o Auto da Liberdade, e a população carente sem condição de comprar um medicamento, porque na UPA não tem”, observou.

Raério também lamentou ausência de exames pelo município, como ultrassom, atrasos em obras públicas, como construção de Unidades de Ensino Infantil (UEIs) e restauração da Praça Vigário Antônio Joaquim, e falta de faixa de pedestres. “Fico triste com isso”, expressou.

Nota do Diário Político

Há meses são recorrentes as cobranças do Legislativo, principalmente da bancada de oposição, citando problemáticas envolvendo a saúde municipal. Infelizmente a fala do vereador, líder oposicionista não atinge o executivo como deveria. Não adianta em nada esse esforço. A tendência é continuar como está ou piorar, tomara que não. A prefeitura faz o que quer, como quer e quando assim puder. Reclamar apenas não basta. A não ser que exista uma união dos vereadores em torno desta e de outras cobranças. Em sua maioria a alienação do legislativo consome seu objetivo fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *